0
370

Pesquisa realizada pelo Instituto DataPoder360, divulgada nesta quarta-feira (10) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto para presidente da República em 2018 nos dois cenários testados na pesquisa. De acordo com os números, Lula teria 27% das intenções de voto, mas a grande surpresa é o surgimento do prefeito de São Paulo (SP), João Dória Júnior (PSDB) como um nome que pode incomodar os planos do petista retornar ao Palácio do Planalto.

De acordo com o levantamento, quando o candidato do PSDB é o prefeito paulistano, ele aparece com 13%, bem mais avaliado que o governador Geraldo Alckmin.

Na pesquisa de abril, Lula tinha 25% das intenções de voto, em segundo aparecia o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que tinha a preferência de 14% dos entrevistados. A ex-senadora Marina Silva (Rede), que já disputou a eleição presidencial duas vezes, portanto bem mais conhecida dos brasileiros, ficou em quarto, com 9%, seguida de Ciro Gomes (6%).

Na consulta em maio, há pequenas alterações: Lula obtém 27%; Bolsonaro, 21%; Marina fica 7%, praticamente empatada com Ciro, com 5%; brancos e nulos totalizam 24%; 8% não souberam ou não responderam. Os que votariam em branco ou anulariam o voto somam 26%; não sabem ou não respondem 7%. Os números correspondem a abril de 2017.

A margem de erro é de 3 pontos percentuais. No cenário simulado com Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, Lula mantém 24% em abril, seguido de Bolsonaro, com 18%; Marina, com 11%; Alckmin com 11% e Ciro, com 5%. A quantidade de nulos e brancos supera qualquer candidato individualmente, correspondendo a 25%; enquanto 9% não souberam ou não responderam.

Em maio, há um crescimento de Lula, Bolsonaro e dos brancos/nulos: respectivamente, foram 25%; 21%; 28%. Entre os candidatos, Bolsonaro mantém o segundo lugar, com 21%, seguido de Marina (7%), Ciro Gomes (5%), Geraldo Alckmin (4%).

Os que não souberam ou não responderam 10%. Ex-governador do Ceará, Ciro Gomes é o candidato com maior rejeição: 56% dos entrevistados não votariam nele de jeito nenhum. Lula e Alckmin empatam, com 54% de rejeição. Marina tem 53% de rejeição, mas é lidera como “voto possível” – é considerada assim por 26% dos entrevistados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui