Abertas vagas para bolsas de doutorado na Universidade Yale pela CAPES

0
125

Estão sendo ofertadas dez bolsas; inscrições seguem até 1º de novembro

Até dez projetos de doutorado podem ser financiados com bolsas de estudo no Programa Capes-Yale de Doutorado em Ciências Biomédicas. Essa oportunidade está sendo oferecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão vinculado ao Ministério da Educação, em parceria com a Universidade Yale, nos Estados Unidos.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 1º de novembro, e a bolsa tem duração de seis anos, com renovação anual. Ao se inscreverem, os candidatos devem indicar umas das áreas de trabalho definidas no edital: Bioquímica, Biologia Quantitativa, Biofísica e Biologia Estrutural, Biologia Computacional e Bioinformática, Imunologia, Microbiologia, Biologia Celular Molecular, Genética e do Desenvolvimento, Medicina Molecular, Farmacologia e Fisiologia, Neurociência e Biologia molecular de planta. Dúvidas sobre o processo seletivo ou maiores informações devem ser acessadas no edital, clicando aqui

Um dos requisitos para participar do processo seletivo é a comprovação do nível de proficiência da língua inglesa. As notas dos testes TOEFL iBT, mínimo de 100 pontos, e no IELTS, total mínimo de 7,5 pontos, servirão como comprovante de proficiência.

Os candidatos aptos receberão auxílio financeiro para despesas com passagem aérea, auxílio instalação, seguro-saúde e mensalidade, além de uma bolsa mensal de US$ 3.045,83. Os bolsistas terão ainda acesso a todos os recursos oferecidos pela Yale, como laboratórios oportunidades de treinamento no Programa BBS de Yale (Yale Combined Program in the Biological and Biomedical Sciences).

A Capes-Yale tem como objetivo melhor visibilizar a produção científica, tecnológica e cultural do Brasil, conforme explica o presidente da Capes, Anderson Correia. “Reforçamos a área de cooperação entre países, com o objetivo de ampliar a inserção internacional de nossos pesquisadores e viabilizar trabalhos em conjunto com os grupos estrangeiros mais relevantes”, acrescenta.

*Com informações da Capes

(Agências Educa Mais Brasil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui