Em São Luís já choveu em dez dias mais de 70% do que era esperado para o mês de março

0
403
Fortes chuvas causaram grandes estragos em São Luís na segunda-feira (Foto Sinduscon São Luís)

Dados divulgados pelo Climatempo indicam quer o Maranhão foi a região do Brasil que teve maior volume de chuva entre segunda (09) e terça-feira (10). São Luis, segundo o levantamento, registrou o maior volume de chuva em 24 horas em quase um ano, o que causou sérios danos à população, mas o alerta foi feito no dia anterior.

O Climatempo diz que a Zona Convergência Intertropical (ZCIT) continua forte sobre a costa norte do Brasil e o Maranhão continua sujeito e chuva forte, pelo menos por mais uma semana.

Entre 09 horas de segunda-feira a 09 horas de terça, teria chovido no estado 135,2 mm sobre São Luís, segundo medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Este volume de chuva é extremamente elevado para o período de 24 horas e, para a região de São Luís, representou 29% da média de chuva para todo o mês de março.

Este foi também o maior volume de chuva sobre a capital do Maranhão neste período de 24 horas em 2020 e também o maior volume em 24 horas desde março de 2019. Entre os dias 23 e 24 de março de 2019 a capital maranhense recebeu 236,2 mm.

Choveu demais sobre São Luís especialmente segunda-feira, quando ruas e avenidas foram alagadas, estradas rompidas e até o prédio desabou. O total de chuva acumulado desde o início do mês, até às 09 horas desta terça-feira, foi de 321,2 mm. Isto significa que em dez dias já choveu na capital maranhense 70% da média de chuva normal para março.

Alerta – Os estragos poderiam ser, pelo menos em parte, amenizados, se o poder público tivesse tomado medidas preventivas por meios de suas comissões de divisa civil e alertas à população. A advertência de que iria chover com muita intensidade na segunda-feira, foi lançado domingo (08). Disse o Climatempo:

“Os próximos dias serão marcados por muita chuva na Região Nordeste devido à atuação da Zona de Convergência Intertropical e à circulação de ventos sobre o Brasil. Entre segunda e terça-feira, altos volumes devem ser observados principalmente sobre o Ceará, Maranhão, Bahia e Piauí, que terão dias com predomínio de céu bastante encoberto. A chuva forte e volumosa pode atingir inclusive as capitais desses três estados”.

A partir de quarta-feira (11), as áreas de instabilidade mais pesadas devem começar a perder força em boa parte da Região Nordeste, que volta a ter maiores períodos de sol, mas sempre com pancadas de chuva no decorrer do dia. Em boa parte da costa leste, a chuva deve ocorrer em forma de pancadas passageiras nos próximos dias.

(Com informações do Climatempo)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação