Alto Alegre do Pindaré recebe segunda edição da Caravana nos Trilhos da Vale

0
540

Mais de 2 mil pessoas entre crianças e adultos participaram das atividades da Caravana nos Trilhos, evento promovido pela Vale para reforçar junto ao público presente mensagens sobre cuidados com a saúde, convívio seguro com a ferrovia, além de oferecer ações de educação e diversas atividades recreativas. Em sua segunda edição, a Caravana passou pela cidade de  Alto Alegre do Pindaré, no Maranhão.

Foram realizadas oficinas de educação ambiental para geração de renda, atendimento em saúde, com aferição de pressão e vacinação, além das atividades recreativas que animaram a criançada.  “Participei de duas oficinas. Foram rápidas e muito proveitosas pois além de aprender sobre reciclagem, podemos aproveitar materiais que jogaríamos fora para fazer uma renda extra”, disse a dona de casa, Selma Santos.

Para a coordenadora da escola Sudário Brilhante, que recebeu a ação, a Vale propiciou um dia mais alegre aos alunos. “Incríveis as atividades realizadas em um mesmo espaço para interatividade entre pais, alunos e profissionais envolvidos”, contou.

Várias atividades da Caravana tem um objetivo comum: contribuir para o convívio seguro com a ferrovia. Nesse sentido, Paulo Gomes, maquinista há 31 anos, participou da ação Maquinista Legal.

Ele pôde compartilhar um pouco da sua experiência e contribuir com esse propósito.

“Foi a primeira vez que tive um contato tão próximo com tanta gente da comunidade. Foi um momento único e muito valioso. Para mim por poder ajudá-los a entender nossa profissão e os cuidados que devem ter com a ferrovia, e acredito que para eles, pois creio que puderam entender um pouco do outro lado de quem está operando”.

Todos os eventos da Caravana nos Trilhos irão trabalhar eixos temáticos como sustentabilidade, convívio seguro com a ferrovia, investimento social, além da importância da mineração no dia a dia das pessoas. Após passar por Alto Alegre do Pindaré, a Caravana Nos Trilhos deve seguir para os municípios de Tufilândia,  Bacabeira, Miranda do Norte, Vitoria do Mearim, Nova Vida e Açailândia no Maranhão, e Marabá, no Pará.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui