Ao comemorar vitória de Crivella no Rio, Malafaia manda imprensa e esquerda chorarem

0
416

“Chora capeta! Chora Freixo! Chora Psol! Chora jornal O Globo! Chora revista Veja! Chora PT! Chorem esquerdopatas!”. Dessa forma, demonstrando o ódio de quem nunca foi apresentado ao sinal de pontuação que atende pelo nome de vírgula, o telepastor e presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, comemorou a vitória de seu apoiado Marcelo Crivella (PRB) na disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro. A mensagem do religioso foi postada no Twitter, rede em que seguiu criticando a imprensa.

Além de mandar aviso aos adversários políticos e a dois veículos de comunicação – que produziram reportagens negativas a Crivella nos últimos dias -, Malafaia sugeriu no microblog que a eleição de integrante do PRB, que é senador e bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, representa uma conquista para os cristãos, que nunca mais serão enganados pelos “esquerdopatas”, pois, segundo ele, “acabou o império da informação”.  “Temos redes sociais”, garantiu o ser que compra horários na grade da Band e de outras emissoras de TV.

malafaia-choro

Em outro post no Twitter, Malafaia continuou a mencionar a imprensa. Diferentemente da mensagem sobre choradeira, o pastor usou vírgulas, mas comprovou que precisa pedir para Deus operar o milagre de ensiná-lo a se comunicar respeitando as regras básicas da língua portuguesa (como dar espaço depois de qualquer vírgula). “Crivella venceu a intolerância,preconceito,manipulação jornalística,e o melhor, a esquerda comunista”, afirmou – sem fazer referência a quais conteúdos apresentados pela mídia teriam sido manipulados para prejudicar o político do PRB.

A incoerência de Silas Malafaia foi criticada por usuários do Twitter – e nem estamos falando mais do fato de ele criticar a imprensa ao mesmo momento tempo em que investe para pregar em canais da televisão aberta. Internautas resgataram mensagens publicadas pelo telepastor em março. Na ocasião, ao comentar a possibilidade de Marcelo Crivella se lançar candidato a prefeito do Rio de Janeiro, o líder da Assembleia de Deus afirmou que faria oposição ao político, a quem definiu como alguém “mais petista do que os petistas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui