Arnaldo Niskier abre Semana Montelliana, na Casa de Cultura Josué Montello

0
505

O escritor, jornalista, educador e acadêmico Arnaldo Niskier, ocupante da cadeira número 18 da Academia Brasileira de Letras (ABL), profere nesta segunda-feira (21), palestra de abertura da VII Semana Montelliana, às 17h, na Casa de Cultura Josué Montello (CCJM). Com vasta programação e entrada franca, a Semana, em comemoração aos 100 de nascimento do escritor Josué Montello, segue até o dia 25 na Rua das Hortas, 323, centro de São Luís.

Com o tema ‘Por quem tocam os Tambores de São Luís’, a palestra de Arnaldo Niskier abre os trabalhos da VII Semana Montelliana, evento que dá início as comemorações do centenário de Josué Montello. Em março de 2006, quando da morte do escritor maranhense, Arnaldo Niskier escreveu artigo na Folha de São Paulo exaltando a “produção impressionante” de Josué Montello afirmando que a quantidade não prejudicou em nenhum momento a qualidade de suas obras. “Por ele, os tambores de São Luís tocam de forma permanente, em sinal de respeito, reconhecimento e regozijo”, comentou.

O secretário de Estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino, disse que a celebração do centenário Josué Montello é o reconhecimento da importância de sua obra e uma oportunidade de valorizar e difundir ainda mais a literatura maranhense. “Além da intensa programação deste ano, com reedição de livros, concurso de redação e exposições, daremos continuidade às comemorações por meio do projeto itinerante que tem o objetivo de despertar o interesse pela leitura de Josué Montello”, concluiu.

Exposições e concurso – A Semana Montelliana conta, ainda, com as exposições ‘Centenário Josué Montello’ e ‘Cais da Sagração’, que ficarão abertas durante todo o evento na Casa de Cultura. A primeira é composta por acervo fotobiográfico (reúne fotos de infância, comemorações, família, carreira, amigos etc), obras inéditas (poesia, contos, teatro) e documentos. “São verdadeiras preciosidades que mostram a trajetória de vida e trabalho do escritor”, informa Vanda França, bibliotecária da CCJM. Já a exposição ‘Cais da Sagração’, nome de um dos mais importantes romances de Josué Montello, reúne fotos de Marizélia Ribeiro e coordenação do professor Ed Wilson Araújo.

Outra atração do primeiro dia é o lançamento do concurso artístico e literário ‘Josué Montello: vida e obra’, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), direcionado à alunos do ensino médio da rede pública. O objetivo é incentivar o interesse pela leitura dos livros de Josué Montello, promover a produção textual e fomentar a capacidade crítica e criativa dos estudantes. As 50 melhores redações serão publicadas em um livro alusivo às comemorações do centenário e distribuídas às bibliotecas de todas as escolas da rede pública de ensino do Maranhão. Além do livro, os premiados receberão notebooks, tablets e celulares.

Durante toda a semana, a programação oferece atividades pela manhã e tarde. Palestras, exibição de vídeos, lançamento de livros, performance teatral, visitas guiadas e apresentação de trabalhos acadêmicos poderão ser conferidas na Casa de Cultura Josué Montello, até a sexta-feira (25). Entre os palestrantes convidados que falarão sobre o autor estão os escritores Aldy Mello de Araújo, Reginaldo de Jesus (SE) e José Neres.

Mais ações comemorativas serão realizadas até o final do ano em parceria com outras instituições como o ciclo de palestras na Academia Maranhense de Letras, Salão Literário de Imperatriz, Semana do Teatro, Colóquio em Timon, entre outros.

03784_arnaldo_niskier_1574476067368799259

Arnaldo Niskier – Arnaldo Niskier é professor de História e Filosofia da Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Doutor em Educação pela mesma universidade. Presidiu a ABL em dois mandatos (1998 e 1999).

Foi membro do Conselho Federal de Educação, do Conselho Estadual de Educação e do Conselho Nacional de Educação; Secretário de Estado do Rio de Janeiro por quatro vezes; Sócio-Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa; autor de mais de cem livros, especialmente sobre educação e temas infanto-juvenis.

Josué Montello – Josué Montello nasceu em São Luís, no dia 21 de agosto de 1917 e faleceu em 15 de março de 2006 no Rio de Janeiro. Foi autor de obras em vários gêneros, como romance, ensaio, crônica, história, antologia, educação, novela etc. Seu romance mais conhecido, “Os Tambores de São Luís”, foi considerado pela Unesco como um dos patrimônios culturais da humanidade. Escreveu mais de cem livros, foi premiado nacional e internacionalmente, e também foi um grande colaborador da cultura, sendo reconhecido pela sua extensa produção literária e pela sua contribuição deixada na área da educação, cultura, comunicação e administração. Foi membro da Academia Brasileira de Letras e da Academia Maranhense de Letras, e sócio honorário do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão. Os livros de Josué Montello foram traduzidos para o inglês, francês, espanhol, alemão e sueco. Algumas de suas novelas foram roteirizadas para o cinema.

(Secap)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui