Assembleia recupera obras raras e cria Memorial da Legislação Maranhense

0
813

A Assembleia Legislativa do Maranhão está organizando o Projeto “Memorial da Legislação Maranhense”, que contará com a exposição permanente de 13 obras raras encontradas durante o processo de restauração de documentos manuscritos e impressos da Casa, iniciado em fevereiro do ano passado, na gestão do presidente Othelino Neto (PC do B).

“O arquivo contém dados importantes e históricos a respeito do Maranhão, daí a necessidade de preservarmos esse acervo, em formato digital, conforme determinação do próprio presidente”, disse o diretor geral , Valney Pereira.

Dentre as raridades, que datam de 1894 a 1953, foram descobertos registros de atas, expedientes, sessões extraordinárias, atividades parlamentares e leis estaduais relevantes. O material histórico que já passou por limpeza, higienização e catalogação, agora, está em fase de digitalização.

“Tivemos o cuidado de manter tudo 100% original, pois são peças que fazem parte da história do Maranhão. Temos, por exemplo, decretos importantíssimos, como a criação do Liceu Maranhense e do Sesi; a demarcação de municípios; a aposentadoria de magistrados; mensagem governamental enviada ao Legislativo, entre outras descobertas”, explicou o diretor administrativo, Antino Noleto.

Solenidade – Todo o acervo histórico descoberto será disponibilizado à sociedade maranhense durante solenidade, pré – agendada para este mês, em alusão aos 180 anos do Poder Legislativo, instituído em 16 de fevereiro de 1835.

“Nós estamos empolgados e entusiasmados com esse presente que daremos à Assembleia Legislativa do Maranhão. Descobrimos uma infinidade de documentos seculares que guardam a história do estado, os quais serão disponibilizados à sociedade no momento em que festejarmos a história do Legislativo”, destacou Antino Noleto.

Interessados poderão acessar os exemplares originais por intermédio de um link no site www.al.ma.leg.br , que estará disponível a partir da abertura do evento.

(Com dados da AL)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui