Pontos impróprios para banho na orla de São Luís aumentam para seis em uma semana

0
421

O novo levantamento sobre a balneabilidade das praias de São Luís e São José de Ribamar, divulgado nesta sexta-feira (27), pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente, mostra que aumentou de três para seis o número de pontos impróprios para o banho de banho. De acordo com laudo do Laboratório de Análises Ambientais (LAA), dos 21 pontos analisados, seis não indicados aos banhistas.

Quatro desses pontos estão na praia de Ponta d’Areia, que são eles: atrás do bar do Dodô; em frente a praia de apoio ao banhista; em frente ao Edifício Herbene Regadas; em frente ao Hotel Brisamar. Também não são recomendáveis um ponto da praia do Calhau (Foz do Rio Calhau) e um ponto no Olho d’Água (a direita da elevatória Pimenta I).

No laudo divulgado no fim de semana anterior, dia 20, eram apenas três os pontos com alto índice de esterecocos, avima dos níveis aceitáveis, todos na Ponta d´Areia: atrás do Bar do Dodô, em frente ao Edifício Herbene Regadas e em frente ao Brisamar Hotel.

Apesar do aumento em 100%, o governador Flávio Dino (PCdoB) comemora o resultado do levantamento. “Nós estamos lutando bastante para manter essa conquista que foi a recuperação quase que total da balneabilidade das praias de São Luís. Todas as semanas, com transparência, com seriedade, nós fazemos a medição da situação das praias e divulgamos”, destacou.

Calhau é um dos pontos recomendáveis para o banho de mar

O governador enfatizou também que várias estratégias estão em curso para a retomada da balneabilidade das praias da Região Metropolitana, entre elas a limpeza dos rios. De acordo com Flávio Dino, o Governo trabalha no Rio Pimenta e Claro e vai começar a despoluição do Rio Calhau em breve.

Além disso, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) está concluindo obras que se prolongavam há muito tempo, inaugurou a Estação de Tratamento (ETE) do Vinhais e está recuperando elevatórias que são importantes para que esse sistema funcione. Esta semana, o blog Conversa Franca – www.aquilesemir.com.br – mostrou, porém, que bem em frente a um ponto impróprio para banho, na Ponta d´Areia, ao lado do Brisamar, um esgoto estourado compromete a saúde de moradores da área e banhistas, sem falar no mau odor.

Segundo o Governo, o número de substâncias que tornam as praias impróprias está em processo de declínio desde meados de 2016, quando os investimentos do Governo do Estado em saneamento básico – iniciados ainda no início de 2015 por meio do programa Mais Saneamento – começou a influenciar diretamente na balneabilidade.

Esgoto estourado na Ponta d´Areia compromete qualidade da praia para banho de mar

“E a gente vai progressivamente consolidando esta grande vitória que é ter a recuperação das praias para toda a população. Ter as praias limpas significa lazer para todos, do Maranhão e de outros estados e para os turistas”, destacou o governador.

Além dos trabalhos de saneamento básico, o Governo do Estado, por meio da Sema, trabalha permanentemente no processo de fiscalização de estabelecimentos comerciais e residências para garantir que esgoto in natura não seja lançado diretamente no mar.

“A balneabilidade das praias é muito importante. E é um trabalho constante. Não paramos. Quando não estamos em campo, coletando. fiscalizando, monitorando, estamos planejando as ações. É compromisso do Governo manter as praias limpas para que a população possa usufruir sem medo”, realçou o secretário da Sema, Marcelo Coelho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui