Bahia, Vitória, Santa Cruz e Sport garantem vaga nas semifinais da Copa do Nordeste

0
500

A Copa do Nordeste 2017 terá “Ba-Vi” na semifinal. Neste domingo (02), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), o Bahia superou o Sergipe por 3 a 0 e garantiu o clássico baiano na próxima fase da competição regional. Após vencer o jogo de ida por 4 a 2, o Tricolor voltou a vencer o Gipão e carimbou a vaga. Os gols da partida foram marcados por Edson (2) e Edigar Junio.

Com a vitória conquistada no jogo de ida, o Bahia administrou a larga vantagem no primeiro tempo. Com poucas oportunidades de gol criadas, as duas equipes foram para o intervalo zeradas. Na etapa final, o Tricolor baiano balançou as redes, aos cinco minutos, com Edson. Aos 17, o meia voltou a marcar ampliou para os donos da casa. Mesmo com um jogador a menos, com a expulsão de Eduardo aos 18 minutos, o Bahia anotou com Edigar Junio aos 37 e sacramentou a vitória por 3 a 0.

Além do “Ba-Vi”, a próxima fase da Copa do Nordeste contará com o “Clássico das Multidões”. Assim como o Tricolor baiano, o Sport alcançou a vaga e vai encarar seu maior rival, o Santa Cruz, na outra semifinal.

Nos pênaltis – De forma heroica, o Sport conquistou a vaga nas semifinais da Copa do Nordeste 2017. Neste domingo (2), na Ilha do Retiro, em Recife, o Leão devolveu o placar do jogo de ida (3 a 1) e despachou o Campinense nas cobranças de pênaltis (4 a 2). Com um gol de Rogério e dois golaços de Diego Souza no tempo regulamentar, o rubro-negro pernambucano se manteve vivo na competição regional. A Raposa ainda descontou com Fernando Pires, mas não conseguiu evitar a eliminação nos pênaltis. Classificado, o Sport enfrentará o Santa Cruz.

Precisando reverter a derrota de 3 a 1 sofrida no jogo de ida, o Sport começou o duelo pressionando o Campinense. A pressão inicial surtil efeito e, aos três minutos, Rogério abriu o marcador para o rubro-negro pernambucano. O Leão aproveitou o bom momento e foi para cima em busca do segundo. Aos 17 minutos, Diego Souza invadiu a área, driblou o defensor e, com categoria, ampliou: 2 a 0. Com a vantagem perdida em menos de 20 minutos, a Raposa demorou para assimilar o golpe.

Na volta do intervalo, foi o Campinense que balançou as redes logo aos três minutos. Fernando Pires recebeu de Reinaldo Alagoano e descontou, 2 a 1. Aos 14, Diego Souza apareceu novamente e marcou mais um golaço. Desta vez, o meia emendou uma bicicleta e fez 3 a 1. Com a devolução do placar do duelo de ida, a decisão da vaga foi para as cobranças de pênaltis. Com 100% de aproveitamento nas batidas, o Sport ficou com a vaga.

Santa Cruz – Após o Vitória garantir presença na semifinal da Copa do Nordeste 2017, o Santa Cruz carimbou vaga na próxima fase da competição regional. Assim como no jogo de ida, o Tricolor superou o Itabaiana pelo placar de 1 a 0, desta vez em Recife. De novo em cobrança de falta, Anderson Salles garantiu a vitória e, consequentemente, a classificação pernambucana. O atual campeão vai enfrentar o vencedor de Sport e Campinense. 

As redes do Arruda só balançaram na segunda etapa. Após passar o primeiro tempo zeradas, as duas equipes voltaram do intervalo em busca do gol. Aos 27 minutos, Anderson Salles repetiu a dose do jogo de ida e, de falta, abriu o marcador, 1 a 0. Precisando da virada, o Itabaiana se lançou ao ataque, mas não conseguiu reagir.

Vitória – O primeiro time classificado para as semifinais da Copa do Nordeste 2017 é o Vitória da Bahia. Após vencer o jogo de ida em Teresina (PI) por 3 a 2, o Leão bateu o River/PI novamente pelas quartas de final. Neste sábado (1), o rubro-negro superou o Galo por 1 a 0 no Manoel Barradas, em Salvador, e confirmou a classificação. Único gol da partida foi marcado por José Welison no segundo tempo. Próximo adversário do Vitória na competição sairá do confronto entre Bahia e Sergipe.

Apesar da necessidade de marcar, o River iniciou o duelo apostando nos contra-ataques, mas pouco ameaçou o gol de Fernando Miguel. Com mais posse de bola, o Vitória criou as melhores chances na reta final do primeiro tempo. Keiza e Cleiton Xavier assustaram, mas o placar permaneceu zerado até o intervalo.

No segundo tempo, o Vitória manteve o domínio da partida. Antes da queda de luz aos 25 minutos, o rubro-negro baiano obrigou o goleiro Leandro a fazer grandes defesas em chutes de Kieza, Paulinho e Patric. River também assustou com Gabriel em bola parada, mas Fernando Miguel espalmou para escanteio. Logo após o restabelecimento da energia, José Welison abriu o marcador e confirmou a classificação do Vitória.

(CBF)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui