Balsas tem o melhor desempenho na geração de empregos no Maranhão em 2017

0
2532

AQUILES EMIR

Balsas, onde estão as maiores empresas agrícolas do estado, é o município maranhense que tem o melhor desempenho na geração de empregos no Maranhão, segundo números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta segunda-feira (17) pelo Ministério do Trabalho e Previdência (MTE). De acordo com a estatística, o saldo de junho foi de 96 empregos preservados, enquanto nos seis meses do ano tem um acumulado positivo de 286 e nos últimos 12 meses, manteve 520 postos de trabalho.

O bom desempenho de Balsas espelha os dados do Caged por setores, pois a agropecuária teve o segundo melhor desempenho, com 765 empregos preservados, atrás apenas da construção civil, que manteve 867. Somente este ano, as contratações em Balsas somaram 3.338, enquanto as demissões chegaram a 3.052. Em 12 meses, o município gerou 6.486 empregos e foram dispensados 5.965.

Na outra ponta aparece Açailândia, que tem um saldo negativo dos últimos 12 meses de 3.073 empregos perdidos, enquanto no primeiro semestre a perda foi de 2.296, sendo que em junho conseguiu manter 77, resultado de 422 contratações e 345 demissões. O resultado reflete a crise do setor de ferro-gusa, que por muito foi o maior empregador, mas está com quase todas as suas usinas desativadas.

De acordo com o Caged, nos seis meses deste ano foram demitidos no município 3.547 trabalhadores, diante de 2.251 contratações, o que dá um resultado de 1.296 empregos perdidos. Nos últimos 13 meses, em Açailândia foram demitidos 7.731 empregados, enquanto as admissões foram de 4.658.

São Luís, apesar de um desempenho de 268 empregos mantidos no mês de junho, tem um acumulado nos últimos 12 meses de 1.959 empregos perdidos, sendo que somente no primeiro semestre foram 2.047 postos de trabalho fechados.

Das 1.531 vagas formais geradas em junho no Maranhão, 268 foram na capital, o que equivale a 17,5% do total das vagas no estado. O principal setor que puxou as contratações em São Luís foi o de Serviços, com 218 vagas.

Os resultados alcançados no Maranhão deram ao estado o segundo melhor saldo de empregos com carteira assinada do Nordeste no mês de junho, sendo o quinto estado na geração de empregos no país.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação