Banco da Amazônia lança editais para patrocínio de projetos culturais e ambientais

0
86

O Banco da Amazônia lançou três editais de patrocínio 2019 da Instituição, voltados a projetos nas áreas de cultura, meio-ambiente, social, esportes e eventos, incluindo a realização de feiras e exposições de negócios, científicas e culturais. São cerca de R$ 2,5 milhões disponíveis a pessoas físicas e jurídicas.

“Com esse aporte, somamos quase R$ 15 milhões investidos na Amazônia, desde 2013, em inúmeros projetos que reforçam o papel do banco como agente do desenvolvimento regional e defensor da identidade, da sociedade e da cultura local”, informa Geraldo Monteiro Júnior, coordenador de Patrocínio, Promoção e Gestão da marca, em exercício. Nos últimos seis anos, a Instituição recebeu mais de quatro mil projetos e aprovou 680, executados nos estados do Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins.

O período para envio das propostas vai até o dia 12 de setembro e serão aceitas inscrições postadas via agências dos correios. No Edital de Seleção Pública de Patrocínio, os projetos apresentados devem ter orçamento de até R$ 35 mil.

Na área Cultural, podem ser inscritos projetos de literatura, voltados ao incentivo à leitura e formação de novos leitores, produção literária individual ou coletiva de autores, que valorizem a cultura amazônica e seja dirigida ao público adulto ou infantil. Também podem ser apresentadas propostas para realização de eventos culturais, como festivais de música e bienais, além de projetos para gravação e lançamento de CD e DVD, audiovisual, artes cênicas, incluindo projetos com circulação e, ainda, ações de projetos esportivos olímpicos e paralímpicos nas mais diversas modalidades.

As ações na área de meio-ambiente podem ser de cunho educativo para a conscientização ambiental e ecológica, de coleta de resíduo, seletiva e de reciclagem, voltada à preservação e conservação de ecossistemas. Na área social serão aceitas propostas com temáticas voltadas à garantia dos direitos da criança e do adolescente, prevenção à violência contra a mulher, ações de combate à fome e à extrema pobreza por meio da inclusão produtiva e social, capacitação e geração de renda. Já os projetos destinados à realização de feiras e exposições devem incentivar o desenvolvimento do agronegócio, o turismo, o microempreendedorismo individual, à indústria e à micro e pequena empresa.

O Edital de Chamada Pública de Projetos com Lei Rouanet 2019 é destinado à seleção de projetos beneficiados com incentivo da Lei Rouanet, desenvolvidos por entidades privadas e sem fins lucrativos e que tenham como objetivo contribuir para a melhoria do acesso à cultura regional. Serão contempladas ações nas áreas de artes cênicas (teatro, dança, performance, ópera e circo), música, cinema (mostras e festivais) e artes visuais. Nesse último, os projetos devem ser realizados no Espaço Cultural Banco da Amazônia e a produção precisa ser culturalmente vinculada às questões da região.

Quanto ao Edital de Pautas do Espaço Cultural Banco da Amazonia, as propostas deverão ser apresentadas por pessoa física ou jurídica e o orçamento apresentado deve ter valor máximo de R$ 25 mil. Serão analisados projetos de artistas da área de artes visuais, residentes ou não na região amazônica, cuja produção seja culturalmente vinculada às questões da região, em manifestações contemporâneas bidimensionais (desenho, pintura, gravura, fotografia, grafite, técnicas mistas), tridimensionais (escultura, objeto e instalação) e mídias contemporâneas (instalação, videoinstalação e novas tecnologias) e que não tenham sido contemplados com exposição no Edital de Pautas do Espaço Cultural de 2018. Mais informações no www.bancoamazonia.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui