Banco do Brasil projeta economizar R$ 67 milhões com iluminação

0
59

Com o intuito de aumentar a eficiência energética, o Banco do Brasil moderniza a iluminação de suas dependências e, até o final de 2020, substituirá, em todo o país, aproximadamente 1,5 milhão de lâmpadas fluorescentes por luminárias LED. A expectativa é de que, ao longo dos 30 meses do projeto, a iniciativa gere uma economia financeira acumulada de até R$ 67 milhões.

A troca das lâmpadas pelo BB começou em 2017. Até agora, foram substituídas mais de 1,2 milhão, o que vem promovendo a redução de despesas acumuladas de aproximadamente R$ 42 milhões e redução na emissão de quase 400 toneladas de gases de efeito estufa. Ao todo, 374 toneladas de CO2 deixaram de ser emitidos pelo BB, o equivalente ao plantio de 2.600 árvores.

Quando concluído, esse movimento vai proporcionar uma redução do consumo de energia de cerca de 6 GWh por mês, o equivalente ao gasto de mais de 30 mil residências com consumo médio de 2.400 kWh/ano (similar ao teto da tarifa social). Outro ponto importante é que as lâmpadas de LED são fabricadas com uma estrutura 95% reciclável, o que torna o descarte muito mais fácil em relação às fluorescentes. O modelo ainda gera uma economia de até 12,5% na conta de energia e dura cerca de 25 mil horas, contra oito mil horas das lâmpadas fluorescentes.

“Estimular o consumo responsável, visando a um futuro mais sustentável para todos é um dos principais compromissos do BB. Com ações simples, como a substituição de lâmpadas e o uso de energia apenas quando necessário, evitando o desperdício, podemos manter a renovação dos recursos naturais, garantindo um futuro mais consciente para todos”, declara Ricardo Forni, diretor da Diretoria de Suprimentos, Infraestrutura e Patrimônio do Banco do Brasil.

A ação integra uma série de mudanças implementadas pelo BB nos últimos anos, tendo como foco o desenvolvimento sustentável. Dentre as medidas adotadas estão a realização de campanhas de uso consciente, a implantação de parâmetros regionais de consumo e a locação de usinas de geração de energia solar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui