BNB dispõe de crédito emergencial para empresas maranhenses em meio à pandemia

0
48

Com recursos do FNE, BNB dispõe de financiamentos a partir de 2,5% ao ano para que empresas enfrentem os efeitos da pandemia

Para auxiliar empresas maranhenses a enfrentarem os desafios oriundos da pandemia, o Banco do Nordeste passa a disponibilizar condições diferenciadas para financiamentos e renegociações de dívidas. A linha de crédito especial FNE Emergencial do Banco do Nordeste dispõe de R$ 3 bilhões, oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), que atenderá os setores produtivos industrial, comercial e de serviços.

Podem ter acesso ao financiamento as pessoas físicas e pessoas jurídicas, assim como cooperativas que desenvolvam atividades produtivas não rurais. A medida é possível graças ao reconhecimento do estado de calamidade pública em todo o território do Maranhão pelo Governo Federal.

Segundo o superintendente estadual do BNB, Hailton Fortes, há muitos diferenciais que tornam esse crédito fundamental aos empresários nesse momento. “O crédito oriundo do FNE Emergencial do Banco do Nordeste é uma verdadeira ajuda aos empreendimentos em meio à pandemia. São recursos com as menores taxa de juros do mercado, o equivalente a 0,21% ao mês, e condições especiais de carência e prazos para pagamento. Além das oportunidades de renegociação de dívidas a quem já tem financiamentos vigentes, que representa um fôlego às empresas nesse período tão difícil”, explica.

Hailton acrescenta que os clientes que têm financiamentos e empréstimos vigentes, terão suspensão automática das parcelas até 31 de dezembro de 2020, com eventual acréscimo ao vencimento final da operação. “Para renegociações de dívidas, podem ser beneficiadas todas operações não rurais que estejam em dias ou com atraso de até 90 dias, na data de 6 de abril”, destaca.

As medidas especiais de concessão e renegociação de crédito emergencial no âmbito do FNE são operacionalizadas com exclusividade pelo Banco do Nordeste em municípios com reconhecimento de estado de calamidade pública, desde que façam parte da área de atuação da instituição financeira (Região Nordeste e nortes dos Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo).

Aplicação dos recursos – O crédito emergencial destina-se a capital de giro isolado e a investimentos, incluindo capital de giro associado. Para capital de giro, os recursos podem ser aplicados em todas as despesas de custeio, manutenção e formação de estoques, inclusive despesas de salários e contribuições de despesas, com limite de até R$ 100 mil por beneficiário. Caso a necessidade seja para investimento, incluído capital de giro associado ao investimento, o limite de financiamento é de até R$ 200 mil por beneficiário.

Em virtude das medidas de segurança sanitária por ocasião da pandemia causada pela Covid-19, o Banco do Nordeste dispõe de Plataforma de Crédito Especializado (PCE) no portal Internet www.bnb.gov.br. A ferramenta possibilita que o cliente faça sua  solicitação de crédito sem sair de casa. Além disso, ele pode enviar online a documentação necessária para análise dos projetos, agilizando a concessão do  financiamento no BNB com celeridade e segurança. Mais informações podem ser obtidas também pelo SAC 0800 728 3030.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui