Bolsonaro cria gabinete de crise para investigar origem do óleo que mancha o litoral nordestino

0
123

Manchas de óleo que têm atingido o litoral nordestino foram detectadas também na Praia do Futuro, um dos destinos mais procurados pelos turistas no Ceará. A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) divulgou boletim para alertar sobre os riscos aos banhistas que frequentam o litoral cearense.

Durante a coleta semanal de amostra da água do mar para indicar a balneabilidade das praias, técnicos da Semace avistaram flocos de óleo na zona leste da orla de Fortaleza.

Na última sexta-feira (04) foi feito um mutirão de limpeza na Praia do Futuro. Mesmo assim a recomendação é que os banhistas evitem o contato com a mancha de óleo; evitem nadar ou praticar outros esportes náuticos em locais com manchas de coloração vermelha, marrom ou azul-esverdeada; e também evitar o consumo de frutos do mar desses locais.

Ver imagem no Twitter

Investigação – Um gabinete de crise foi criado neste sábado (05) pelo governo de Sergipe para solucionar o problema ambiental no litoral do estado. Desde de 24 de setembro, as praias do litoral nordestino foram tomadas por manchas de óleo.

“A decretação da situação de emergência vai possibilitar a captação de recursos junto ao governo federal para que os serviços possam ser realizados nesse momento de crise”, informou o diretor da Defesa Civil Estadual, Cel. Alexandre José Silva.

Pelo Twitter, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que o presidente Jair Bolsonaro determinou urgência nos trabalhos para identificar a origem do problema.

Nesta segunda-feira (7), Ricardo Salles pretende sobrevoar o litoral de Sergipe, um dos estados mais atingidos pela substância oleosa.

A Administração Estadual do Meio Ambiente e parceiros ambientais estão atuando na limpeza da areia e na coleta de amostras de água para testar a balneabilidade. O governo de Sergipe recomenda que a população evite as praias.

  • Ricardo Salles MMA
  • O Pres. @jairbolsonaro determinou urgência na identificação da origem e apuração de responsabilidades pelas manchas de óleo no litoral. Diversas equipes já estão em ação e na 2 feira faremos vistoria in loco com o Governador de Sergipe.

Ver imagem no Twitter

(Agência Brasil com informações do Governo de Sergipe)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui