Presidente Jair Bolsonaro libera para Saúde nos estados o dobro do que pediam os governadores

1
7866

Reunido, por teleconferência, na tarde desta segunda-feira (23) com os governadores do Nordeste, o presidente Jair Bolsonaro anunciou a liberação de R$ 85,8 bilhões para socorrer os estados e municípios da região para enfrenamento dos efeitos da pandemia de coronavírus. De acordo com Bolsonaro, somente para o setor de Saúde serão R$ 8 bilhões em um período de quatro meses.

O valor anunciado pelo presidente é o dobro do que foi pedido por governadores, que queriam R$ 4 bilhões para ações emergenciais na área.

Ficou acertado também um orçamento assistencial social no valor de R$ 2 bilhões, além da suspensão das dívidas dos estados com a União, no valor total de R$ 12,6 bilhões. O pacote do governo ainda prevê a renegociação com bancos no valor de R$ 9,6 bilhões —que é o valor de dívidas de estados e municípios com bancos.

Aos governador, o presidente garantiu a recomposição dos fundos de participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM) num valor de R$ 16 bilhões, por meio de seguro para queda de arrecadação.

Saiba como serão distribuídos os R$ 85 bilhões a nunciados pelo presidente Jair Bolsonaro:

  • Transferência para a saúde: R$ 8 bilhões recomposição FPE e FPM
  • R$ 16 bilhões orçamento assistencial social
  • R$ 2 bilhões. suspensão das dívidas dos estados com a União
  • R$ 12,6 bilhões. renegociação de estados e municípios com bancos
  • R$ 9,6 bilhões operações com facilitação de créditos
  • R$ 40 bilhões

O presidente Bolsonaro ainda anunciou na reunião a ampliação do programa Bolsa Família, com 1,5 milhão de novos beneficiários, praticamente zerando a fila dos requerentes.

(Com informações do UOL)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui