Brasil goleia o Uruguai e se isola na liderança das eliminatórias para Copa 2018 na Rússia

0
396

O Brasil confirmou sua liderança nas eliminatórias para a Copa do Mundo 2018, na Rússia, nesta quinta-feira (23), no histórico Estádio Centenário, em Montevidéu, e saiu com a vitória por 4 a 1 sobre o Uruguai. O time da casa saiu na frente com gol de Cavani, mas o Brasil virou com três de Paulinho e uma pintura de Neymar.

Com o resultado, a equipe comandada por Tite chegou a 30 pontos na tabela e disparou na liderança, enquanto a Celeste, com 23, está na segunda posição, ameaçada pela Argentina, que somou 22 pontos ao derrotar o Chile, em Buenos Aires.

A noite foi especial para todos os brasileiros, mas para o meia Paulinho foi mais do que isso. A partida representou mais do que uma goleada num clássico sul-americano. Para começar, um golaço para empatar a primeira partida em que o Brasil saiu atrás no placar desde a chegada do técnico Tite. Foi um chute de fora da área sem chances para o goleiro Martín Silva.

Foi ele também quem completou o chute de Roberto Firmino, após rebote do goleiro, e colocou o Brasil na frente do Uruguai diante de um estádio lotado para empurrar o time da casa. Quando a partida já se encontrava nos acréscimos, Paulinho ainda completou um passe magistral de Daniel Alves com o peito e deu números finais ao jogo.

O jogo – No primeiro tempo, um gol para cada lado. Com as duas equipes se estudando bastante e firmes na marcação, a etapa inicial da partida apresentou uma disputa equilibrada. Mesmo assim, foi o Brasil quem controlou o jogo e teve maior posse de bola (77% contra 23% dos uruguaios).

A Seleção Brasileira teve boa chance logo aos três minutos, quando Neymar, em jogada individual, avançou em velocidade ainda do campo de defesa e tocou para Philippe Coutinho, que cruzou rasteiro na área. Roberto Firmino quase concluiu para a Canarinho. Aos nove, Marcelo tentou recuar para o goleiro, Cavani interceptou a bola e foi derrubado por Alisson: pênalti. O próprio camisa 21 do Uruguai cobrou e abriu o placar no Centenário. Mesmo atrás no placar, o Brasil seguiu controlando as ações do jogo e empatou aos 18 minutos. Pela esquerda, Neymar tocou para Paulinho, que avançou sem marcação e soltou uma bomba de longe no ângulo de Martín Silva: 1 a 1.

O Brasil voltou para o segundo tempo buscando o gol logo aos cinco minutos. Neymar cobrou falta e obrigou o goleiro uruguaio a fazer boa defesa. Aos sete, Firmino recebeu na entrada da área, girou e chutou rasteiro. Martín Silva defendeu, mas Paulinho pegou o rebote e não desperdiçou: 2 a 1. Aos 16, Cavani cobrou falta com perigo, e Alisson fez ótima defesa, mandando a bola para escanteio.

Na cobrança, Stuani cabeceou, mas o goleiro brasileiro defendeu novamente. O terceiro gol da Seleção Brasileira foi uma pintura! Aos 29 minutos, Neymar pegou o chutão de Miranda para frente, ganhou de Coates na velocidade e encobriu o goleiro da Celeste: 3 a 1. A Celeste se lançou para o ataque, mas o Brasil segurou as investidas até o apito final. E, nos acréscimos, ainda coube mais um. Aos 47, Daniel Alves cruzou da direita, e Paulinho completou de peito: 4 a 1.

O próximo compromisso da Canarinho será diante do Paraguai, na terça-feira (28), às 21h45, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP). O jogo é válido pela 14ª rodada das Eliminatórias.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Renato Augusto (Fernandinho); Philippe Coutinho (Willian), Firmino (Diego Souza) e Neymar.

(Da CBF, com imagens de Lucas Figueiredo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui