Câmara Municipal de São Luís homenageia Associação Comercial pelos seus 165 anos

0
191

Os 165 anos da Associação Comercial do Maranhão e suas ações em favor do fortalecimento das atividades do comércio, de serviços e da indústria foram comemorados, terça-feira (20), na Câmara Municipal de São Luís. Uma sessão solene, com entrega de placa comemorativa ao presidente daquela associação, Felipe Mussalém, foi presidida pelo vereador Ricardo Diniz (PRTB), autor da proposta.

O evento antecipou a grande festa de aniversário da entidade, que será realizada nesta quarta-feira (21), a partir das 19h, na sede da entidade, localizada no Palácio do Comércio, na Praça Benedito Leite (Centro Histórico).

Em seu discurso, o vereador Ricardo Diniz ressaltou ser uma honra homenagear a quarta mais antiga Associação Comercial do Brasil, cuja missão é promover o desenvolvimento econômico e social do Estado e de São Luís, promovendo o bem-estar da coletividade. Ele frisou que ela é promotora do diálogo e de parcerias do empresariado junto ao poder público, buscando caminhos que fortalecem a união, a integração e o desenvolvimento.

Sobre a importância da ACM para o Maranhão, disse que “ela foi decisiva para que o nosso Estado conquistasse posição de destaque na produção agrícola brasileira e atuou decisivamente na recuperação da Rua Grande e as praças Deodoro e do Panteon, pelo governo da União. Estamos à beira de recebermos o incremento de mais de 1 trilhão de dólares na Base Aérea de Alcântara, com o Acordo Brasil/Estados Unidos da América para o lançamento de satélites de comunicações, e esse investimento não será só ali. São Luís certamente tirará proveito desse montante, porque os técnicos não irão se hospedar ou se instalar só em Alcântara. Vamos nos preparar para isto para não sermos surpreendidos”, conclamou Ricardo Diniz.

Por sua vez, o empresário Felipe Mussalém, presidente da entidade, destacou que a Associação, há muito tempo, é reconhecida como órgão consultivo dos poderes públicos, condição que almeja resgatar para, no exercício dessa condição, conhecer, apreciar, dar parecer e sugerir melhorias e acréscimos em matérias afetas à economia municipal.

“Celebramos os 165 anos reverenciando o passado, mas buscando olhar para o futuro, desejando resgatar espaços de fala e de interlocução e nos colocando como participantes efetivos dos destinos do Maranhão e de São Luís”, ressaltou.

Mussalém relembrou o fundador da entidade, em 1854, João Galberto, além de outros pioneiros como Cunha Santos, Martinus Hoyer, Clodoaldo Cardoso e Eduardo Aboud. Como feitos públicos, alinhou a campanha pela produção que resultou na construção de estradas para escoamento da produção; a compra do prédio para a instalação do curso de Direito, há cem anos, em São Luís; a construção do Palácio do Comércio, local onde se instalou o antigo Hotel Central, dentre outras campanhas.

Presenças – Compareceram à homenagem a presidente do conselho superior da entidade, Luzia Rezende, que também é secretária adjunta de Estado da Micro e Pequena Empresa e representou o secretário de Estado da Indústria, Simplício Araújo. De mesmo modo, representou o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), seu secretário de Relações Parlamentares, Raimundo Nonato Silva Junior. Pelo Sindicato da Construção Civil, esteve seu presidente Fábio Nahuz; o primeiro-secretário da Federação da Indústria, Pedro Robson da Costa, representou o presidente Edilson Baldez; e o Conselho Regional de Contabilidade escalou seu presidente João Carvalho, enquanto a Federação do Comércio mandou o vice-presidente Maurício Feijó. O ex-presidente da ACMA, Júlio Noronha, marcou presença, assim como diretores da entidade e amigos convidados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui