Caravana nos Trilhos da Vale chega a 26 mil atendimentos no Maranhão e Pará

0
149

O projeto Caravana nos Trilhos, da Vale, está passando por vários municípios no Maranhão e Pará desde abril de 2017, quando realizou seu primeiro evento em Auzilândia no Maranhão. Ao todo, 26.473 pessoas entre adultos e crianças já marcaram presença e participaram das atividades. A Caravana representa uma importante ação social ao levar atendimentos de saúde e educação às comunidades que ficam próximas à Estrada de Ferro Carajás. São 28 eventos já realizados e uma previsão de outras 25 edições até o final deste ano.

Moradores da comunidade de Moitas, em Arari, e São Vicente, em Igarapé do Meio, participaram em maio da programação. Mais de 1.500 pessoas estiveram presentes nos dois eventos, que ofereceram para à população uma série de serviços que vão desde atendimento de saúde, com consultas e orientações, até atividades recreativas e oficinas de educação ambiental para geração de renda. Dicas para uma convivência segura com a ferrovia também são compartilhadas em todos os eventos, principalmente com a público infantil.

A dona de casa Conceição Souza, 53 anos é moradora da comunidade de São Vicente, em Igarapé do Meio. Ao lado da filha, de 11 anos, ela participou das oficinas de culinária alternativa, pintura em tecido e de sabão com reaproveitamento de óleo de cozinha pensando em alternativas futuras para gerar renda.

“É muito difícil participar de ações como essa aqui na nossa comunidade e quando vem é a oportunidade que temos para adquirir conhecimento que nos abram novas portas para gerar renda. Adorei as oficinas de alimentação e de sabão, porque agora posso fazer em casa reaproveitando coisas que antes jogava fora”, ressaltou.

Já a estudante Vanessa Silva, 16 anos, não só participou de todas as oficinas como tirou dúvidas sobre segurança ferroviária: “A gente sabe o quanto é importante ter segurança na ferrovia e tudo o que a gente puder receber a mais de informações é válido. Gostei bastante da forma como as orientações foram passadas, porque brincando é mais fácil de aprender”, afirmou ela.

A exemplo de Vanessa, outras crianças, jovens e adultos aproveitaram para conhecer mais sobre segurança ferroviária de maneira lúdica. A participação do maquinista Rafael Melo foi uma atração à parte e chamou a atenção das crianças.

“É muito importante estarmos perto das pessoas, para ouvir e mostrar como é o nosso trabalho. É uma relação de aprendizado para ambos os lados”, destacou Rafael.

Em São Vicente, além da programação da Caravana, a parceria com a Prefeitura Municipal levou iniciativas de saúde (consultas médicas, avaliação com nutricionista, vacinas, entrega de medicamentos e testes rápidos de glicemia), educação (projeto de leitura e jogos educativos), assistência social (atendimento ao Bolsa Família, atendimento com psicólogo, amostra artesanal e palestra sobre exploração sexual infantil) e espaço da beleza (cabeleireiro, manicure e limpeza de pele

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui