CDL e Iphan debatem com empresários início das obras de reforma da Rua Grande

0
203

A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís realizou nesta quarta-feira (28) reunião com empresários para tratar do início das obras de reforma da Rua Grande. O evento teve a participação da superintendência regional do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da construtora Ducol, empresa responsável pelos trabalhos.

Foram apresentados os detalhes das intervenções que serão realizadas e as estratégias a serem utilizadas para minimizar o impacto na atividade comercial da área. O superintendente do Iphan, Maurício Itapary informou que as obras serão realizadas por quadra.

“Devemos começar agora em abril, as intervenções na primeira quadra, o que vai atingir em torno de 15 empresas, e somente quando for concluído esse trecho passaremos para a quadra seguinte”, explicou Itapary.

Segundo o presidente da CDL São Luís, Fábio Ribeiro, essa forma de operacionalização diminui os transtornos que a obra vai causar. “Há muito lutamos por essa reforma, pois sabemos o quanto vai valorizar e revitalizar comercialmente a Rua Grande; por isso, estamos acompanhando o trabalho do Iphan e orientando o lojista a encontrarem a melhor forma de manter sua atividade, numa situação que é passageira e trará muitos benefícios no futuro”, avalia.

O responsável pela empresa Ducol, Henry Duailibe afirmou que a previsão é realizar em 60 dias o trabalho na primeira quadra, incluindo todos os serviços necessários. “Vamos realizar conjuntamente as intervenções elétricas, hidráulicas, fiação e tudo o que for necessário, preservando o direito dos lojistas de trabalharem normalmente, embora com algumas limitações”, disse.

A reunião teve a participação apenas das empresas que serão atingidas inicialmente. Os lojistas manifestaram apoio à obra e se dispuseram a cooperar com o andamento dos trabalhos. “Essa obra vai trazer grandes benefícios para o comércio, e vamos fazer o sacrifício necessário na certeza de que muito em breve teremos um espaço mais confortável e bonito para nossos clientes, favorecendo nossas empresas”, afirmou Flávio Nascimento, proprietário da Radical.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui