Centro Cultural Engenho terá programação diversificada no mês da consciência negra

0
273

O Centro Cultural Engenho Central de Pindaré-Mirim realizará, neste mês de novembro, diversas atividades em comemoração ao mês de consciência negra. Na programação, rodas de conversa, desfiles, concurso de dança e coreografias, oficinas e entrega de medalha. A programação é gratuita e acontece no centro cultural, na Rua Godofredo Viana, Pindaré-Mirim.

Nesta quinta-feira (07), às 16h, será realizada a roda de conversa “A voz do negro na obra Úrsula”, de Maria Firmina dos Reis. O debate terá a participação especial do escritor Adriano Cantanhede, especialista em Literatura Brasileira.

Mais duas rodas de conversa tratarão de temas relacionados ao mês da consciência negra. Na sexta-feira (8), o tema Religiões Afros e Meios de Comunicação será conduzido pelo antropólogo e professor do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Gerson Lindoso. No dia 12, o assunto será a “Mulher negra brasileira, desafios e conquistas”, intermediado pelos integrantes do movimento Unegro.

No dia 20, pela manhã, acontece a entrega da medalha João Cruz, de honra e mérito cultural pela igualdade. Reunirá personalidades no Auditório Fotógrafo Manoel Catarino. À noite será realizado desfile da beleza negra e o concurso de danças e coreografias movimentará o centro cultural.

Nos dias 27 e 28, oficinas de Danças Populares, Jongo, Samba de Coco e Samba de Roda serão ministradas pelo Mestre Messias, do Rio de Janeiro. Outra oficina levará os participantes ao mundo da literatura de cordel, com os ensinamentos do cordelista maranhense Moizes Nobre.

O Centro Cultural Engenho Central de Pindaré-Mirim funciona de terça a sábado, das 9h às 11h, e das 16h às 21h. Aos domingos, o espaço fica aberto de 16h às 21h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui