Com Jair Bolsonaro ou Sergio Moro como adversário, Lula perderia a eleição de 2022

0
472

Numa eventual disputa com o ex-presidente Lula, ministro da Justiça teria uma diferença ainda maior de votos

Seja Jair Bolsonaro ou o ministro da Justiça, Sergio Moro, o candidato do governo a presidente da República em 2022, a oposição, com ou sem Lula, perderia. A pesquisa FSB/Veja divulgada neste sábado (15) mostra que o presidente ampliou de 33% para 37% a vantagem sobre possíveis adversários no primeiro turno, ou seja, quatro pontos a mais, enquanto outros presidenciáveis ficaram estagnados.

De acordo com a pesquisa, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), que foi seu adversário em 2018, oscilou negativamente de 15% para 13%, dentro da margem de erro, que é de dois pontos para mais ou para menos. O petista estaria tecnicamente empatado com o apresentador Luciano Huck, com 12%, e o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), com 11%. Todos eles ficam numericamente abaixo da opção “nenhum”, que tem 16% das preferências.

Outro citados na pesquisa também aparecem estagnados: João Amoêdo (Novo), com 4%, e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 3%.

Com a entrada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa,  a vantagem de Bolsonaro cai para 31% das intenções de voto contra 28% do petista, o que configura empate técnico, o que reforça a tese dos partidos de esquerda de que Lula é o adversário que mais ameaça a reeleição de Bolsonaro, mas está atualmente inelegível porque é enquadrado na Lei da Ficha Limpa, que barra candidaturas de quem tenha sido condenado em segunda instância.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que apareceu na pesquisa do El País, sequer foi mencionado.

Confira os resultados dos cenários traçados pela pesquisa:

Cenário 1

  • Jair Bolsonaro (sem partido) – 37%
  • Fernando Haddad (PT) – 13%
  • Luciano Huck (sem partido) – 12%
  • Ciro Gomes (PDT) – 11%
  • João Amoêdo (Novo) – 05%
  • João Doria (PSDB) – 03%
  • Nenhum – 16%
  • Não iria votar – 0%
  • Branco – 01%
  • Nulo – 01%
  • Não sabe/não respondeu – 01%

Cenário 2

  • Jair Bolsonaro (sem partido) – 31%
  • Lula (PT) – 28%
  • Luciano Huck (sem partido) – 11%
  • Ciro Gomes (PDT) – 08%
  • João Amoêdo (Novo) – 05%
  • João Doria (PSDB) – 04%
  • Nenhum – 09%
  • Não iria votar – 0%
  • Branco – 0%
  • Nulo – 01%
  • Não sabe/não respondeu – 01%

Cenário 1

  • Sergio Moro (sem partido) – 33%
  • Lula (PT) – 28%
  • Luciano Huck (sem partido) – 10%
  • Ciro Gomes (PDT) – 09%
  • João Amoêdo (Novo) – 05%
  • João Doria (PSDB) – 03%
  • Nenhum – 08%
  • Não iria votar – 01%
  • Branco – 0%
  • Nulo – 02%
  • Não sabe/não respondeu – 02%

O Instituto FSB Pesquisa entrevistou, por telefone, 2.000 eleitores com idade a partir de 16 anos, nos 26 estados e no Distrito Federal, entre os dias 7 e 10 de fevereiro. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos porcentuais, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui