Com gol contra no final, Santos derrota Guarani na segunda rodada do Paulistão

0
230

Guarani e Santos fizeram um jogo bastante disputado no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP) na noite desta segunda-feira (27) no fechamento da segunda rodada do Paulistão Sicredi. O Peixe conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo, mas viu o Bugre ser superior na segunda etapa e empatar, mesmo com um jogador a menos.

O gol da vitória santista veio apenas nos acréscimos, contra, fechando o jogo em 2 a 1.

Com o resultado, o Santos lidera o Grupo A com quatro pontos ganhos em duas rodadas, ficando na frente de Ponte Preta e Oeste que tem três. No Grupo D, apesar da derrota, o Guarani está na segunda colocação, com três pontos, atrás do Corinthians, que tem quatro. Outro fato que chamou a atenção foi a presença do bom público em Campinas: 9.130.

Jogando em casa, o Guarani começou a partida tendo mais posse de bola e dominando as primeiras chances do duelo, mas pouco assustou o goleiro Everson. Do outro lado, o Santos foi mais eficaz e abriu o placar em sua primeira chance clara. Aos 21 minutos, Felipe Jonatan recebeu na esquerda e cruzou na medida para Arthur Gomes, que chegou por trás dos marcadores e testou firme para o fundo das redes.

Mesmo após o gol, o time visitante seguiu em cima, sempre usando muito bem as laterais do campo e os toques rápidos pelo meio. A melhor chance para ampliar veio aos 33 minutos, quando Felipe Jonatan soltou o pé da entrada da área e assustou o goleiro Jefferson Paulino, que só acompanhou a bola sair rente a sua trave. Por isso, o primeiro tempo terminou com o Santos em vantagem.

Na volta do intervalo, a partida seguiu movimentada, com os dois times buscando o gol adversário desde o primeiro minuto. Tanto que após algumas boas chances do Santos, o Guarani conseguiu deixar tudo igual no placar aos 19 minutos, em uma jogada de bola parada. Bidu cobrou escanteio fechado na segunda trave, Marcelo conseguiu ajeitar de cabeça para Rafael Costa, que apareceu sozinho para mandar a bola para o fundo das redes.

À partir daí, o time visitante voltou a pressionar, mas o Guarani manteve sua marcação forte no meio campo, mesmo com um jogador a menos após a expulsão do volante Lucas Abreu e conseguiu chegar algumas vezes em contra-ataques rápidas e bolas bem trabalhadas no meio campo. Tanto que aos 40, Júnior Todinho teve a oportunidade do jogo, mas chutou em cima do goleiro adversário. E nos acréscimos, o Santos ‘contou com a sorte’ para vencer, com o gol contra marcado por Pablo, após boa cobrança de falta de Jean Mota.

Os dois times já voltam a campo na próxima quinta-feira (30) para a disputa da terceira rodada da primeira fase do Paulistão Sicredi. Em casa, no Estádio da Vila Belmiro, o Santos recebe a Inter de Limeira, às 19h15. Um pouco mais tarde, às 21h30, o Guarani visita o Mirassol, no Estádio José Maria de Campos Maia.

(FPF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação