Fluminense goleia o Atlético Nacional e constrói grande vantagem para avançar na Sul-Americana

0
79
Rio de Janeiro - 23/05/2019 - Maracanã. Fluninense enfrenta o Atlético Nacional - COL esta noite pela 2ª fase da Copa Sulamericana 2019. FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C. IMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulgação, seu uso comercial está vetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club.É obrigatório mencionar o nome do autor ou usar a imagem. . IMPORTANT: Image intended for institutional use and distribution. Commercial use is prohibited unconditionally by its author and Fluminense Football Club. It is mandatory to mention the name of the author or use the image. . IMPORTANTE: Imágen para uso solamente institucional y distribuición. El uso comercial es prohibido por su autor y por el Fluminense Football Club. És mandatório mencionar el nombre del autor ao usar el imágen.

Na noite desta quinta-feira (23), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), o Fluminense contou com verdadeiro show do jovem atacante João Pedro, que marcou três gols e ainda deu  uma assistência para garantir a goleada de 4 a 1 sobre o Atlético Nacional, da Colômbia. Com este resultado, o tricolor leva ampla vantagem para o jogo da volta que definirá quem avança na Copa Sul-Americana.

Os dois times voltam a se enfrentar  na próxima quarta-feira (29), em Medelinn,  na Colômbia. O time brasileiro pode perder por até dois gols de diferença que se garante na fase seguinte. O Atlético, que é treinado por Paulo Autuori, se classifica se conseguir um 3 a 0, já que existe o critério do gol fora de casa. Caso devolva os 4 a 1, a partida vai para os pênaltis.

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Fernando Diniz comemorou a evolução técnica que o Fluminense vem apresentando de um tempo para cá.

“Fico feliz por ganhar com consistência e com maturidade. E não é de agora. Tivemos contra o Santos, que jogamos bem mesmo na derrota. Assim como para suportar os 3 a 0 sofrido pelo Grêmio. Foi suportar o resultado adverso e manter a forma de jogar”, destacou Diniz.

Fluminense supera Atletico Nacional pela segunda fase da Copa Sul-Americana, no MaracanãPaulo Autuori, por outro lado, garante que seu time não jogou a toalha. Ele acredita em um melhor desempenho do Atlético em casa.

“A desvantagem não é pouca, mas a gente tem mais 90 minutos para virar esse jogo. Não vai ser fácil, mas vamos trabalhar para reverter. Não vamos ficar de braços cruzados esperando as coisas acontecerem – disse, em entrevista coletiva”, opina.

Avassalador, o Tricolor fez três gols em 11 minutos: João Pedro, aos dois e sete minutos, colocou o Flu já em boa vantagem. Depois, aos 11, Luciano marcou o terceiro do Fluzão, para delírio da torcida que foi em bom número ao Maracanã.

O jogo ficou ainda mais movimentado, quando Barcos converteu pênalti assinalado pela arbitragem, aos 17 minutos. Acontece que o jovem João Pedro estava impossível. Ele, literalmente, era o gol em pessoa. Na marca dos 32 minutos, fez mais um, o terceiro dele e o quarto do Flu.

  • Fluminense – Agenor; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Caio Henrique; Allan, Daniel (Igor Julião) e Paulo Henrique Ganso; Luciano (Marcos Paulo), Yony González e João Pedro (Pablo Dyego). Técnico: Fernando Diniz
  • Atlético Nacional – Cuadrado; García, Bocanegra, Nicolás Hernández e Machado; Ramírez (Yabur), Rovira, Gómez, Ceppelini e Vladimir Hernández; Barcos. Técnico: Paulo Autuori

(Com informações da CBF e fotos de Lucas Merçom/FFC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui