Combinações de resultados vão definir as equipes semifinalistas da Taça Rio

0
405

A Taça Rio chega na última rodada prometendo muita emoção e com várias disputas, tanto para vagas nas semifinais do segundo turno ou nas semifinais gerais do Campeonato Carioca, como também contra o rebaixamento para a 1ª Fase da competição em 2020 ou por vagas em competições nacionais.

São sete times brigando por vagas na semifinais da Taça Rio e duas equipes lutando contra a degola. Tem clube grande em situação complicada e times de menor investimento bem na fita. Abaixo, as chances de cada uma das 12 equipes:

Bangu: É o time de menor investimento em melhor situação. Líder do Grupo B, com 12 pontos, e na quarta colocação geral, com 19, o Alvirrubro precisa de uma vitória simples sobre o Vasco, neste sábado (23), às 19 horas, em São Januário, para garantir a vaga na semifinal da Taça Rio e também a vaga na Copa do Brasil de 2020, já que a da Série D do Brasileirão está garantida. Em caso de triunfo, também há grande possibilidade de ficar com uma das vagas na semifinal geral se outros resultados favorecerem.

Americano: É clube que está em situação mais complicada na competição. Em 11º lugar, com apenas 5 pontos no Carioca, precisa vencer o Botafogo em Bacaxá, no domingo (24), e torcer por um tropeço do Madureira (que tem um ponto a mais no geral) diante da Cabofriense, em Conselheiro Galvão, para escapar do rebaixamento para a 1ª Fase em 2020. Em caso de empate com o Alvinegro, o Madura teria de levar uma goleada histórica do Tricolor Praiano para salvar o time campista, já que o Tricolor Suburbano tem 6 gols a mais de saldo do que o Americano.

Flamengo: Líder da classificação geral, com 24 pontos, o Rubro-Negro já está classificado para as semifinais gerais do Carioca. Porém, com 11 pontos e na segunda colocação do Grupo B, para se garantir nas semifinais da Taça Rio sem depender de ninguém, precisa de um triunfo simples sobre o Fluminense, domingo (24), no Maracanã. Em caso de empate, elimina o Botafogo do Carioca, mas depende de um tropeço do 3º colocado da Chave, a Cabofriense (que tem um ponto a menos), diante do Madureira para carimbar o passaporte nas semifinais do segundo turno.

Cabofriense: Com 10 pontos e na terceira colocação do Grupo B, o Tricolor Praiano precisa vencer o Madureira em Conselheiro Galvão, no domingo (24), além de torcer por um tropeço do Flamengo diante do Fluminense para ficar com uma das vagas nas semifinais da Taça Rio. Em caso de empate com o Madura, vai precisar que o Fla perca de mais de um gol do Flu, já que tem um gol de saldo a menos que o Rubro-Negro (7 a 6). Com 14 pontos no geral, garante a vaga na Série D caso o Boavista tropeçe diante do Volta Redonda.

Botafogo: É o time de maior investimento em situação mais complicada, pois precisa de uma combinação de resultados para não ser eliminado do Carioca. Com 8 pontos e na quarta colocação do Grupo B, além de ter apenas 12 pontos no geral (7ª posição), só segue na luta pelo bi do Carioca se conquistar a Taça Rio. Para isso, terá de vencer o Americano em Bacaxá por uma boa margem de gols; precisa torcer por uma derrota do Flamengo (11 pontos) para o Fluminense e, pelo menos, o empate da Cabofriense (10 pontos) com o Madureira, além de tirar o saldo de quatro gols para o Rubro-Negro e de três gols para o time da Região dos Lagos.

Fluminense: Líder do Grupo A da Taça Rio com 11 pontos, e com 21 pontos no geral (3º colocado), o time das Laranjeiras precisa somente do empate com o Flamengo, no Maracanã, para ficar com a 1ª vaga da Chave nas semifinais da Taça Rio. Em caso de vitória, pode até ficar com a 1ª colocação geral do Carioca, se o Vasco não vencer o Bangu no dia anterior. Em caso de derrota, dificilmente perde a vaga nas semifinais da Taça Rio por ter saldo bem superior aos dois clubes abaixo do Grupo (Vasco e Volta Redonda, que tem oito pontos, mas 2 e 1 de saldo, respectivamente, contra 6 do Tricolor). Porém, pode ser obrigado a vencer a Taça Rio para ir para as semifinais gerais, caso o Bangu, que tem apenas 2 pontos a menos (19) e vença o Vasco.

Volta Redonda: Precisa de uma vitória simples sobre o Boavista para se garantir ou na semifinal da Taça Rio, ou na semifinal geral do Carioca. Com oito pontos e na terceira colocação do Grupo A da Taça Rio, além de 18 no geral (5ª posição), o Voltaço depende de um tropeço do Vasco diante do Bangu para ficar com a vaga na semi do segundo turno. Se o Bangu perder, o Esquadrão de Aço sobe para o quarto lugar geral em caso de vitória sobre o Verdão de Bacaxá e garante a vaga na Copa do Brasil. Se empatar com o Boavista, torce pelo menos pela derrota do Vasco para o Bangu para ficar com a segunda vaga na semifinal da Taça Rio.

Vasco: Garantido na semifinal geral por ter vencido a Taça Guanabara, e na segunda posição do Grupo A, com 8 pontos, o Vasco se classifica para a semifinal da Taça Rio se vencer o Bangu no sábado (22), em São Januário, e o Voltaço, que tem o mesmo número de pontos mas saldo inferior em um gol, não vencer o Boavista ou não conseguir tirar o saldo de vantagem do Cruzmaltino. Em caso de empate ou derrota, torce para para o time do Sul-Fluminense ter o mesmo resultado diante do Verdão de Bacaxá. Se vencer o Bangu, o Vasco, que tem 23 pontos e ocupa a segunda colocação geral, somente um ponto atrás do Flamengo, pode terminar como líder geral, em caso de tropeço do Fla diante do Fluminense.

Madureira: Sem chances na Taça Rio, o foco do Tricolor Suburbano na última rodada é contra luta contra a queda para a 1ª Fase. Com 6 pontos no geral, o Madura tem somente um a mais que o Americano (5 pontos). Para não dar chances ao azar, precisa de uma vitória simples sobre a Cabofriense, em Conselheiro Galvão. Em caso de empate ou derrota, torce por um tropeço do time campista diante do Botafogo, já que tem saldo superior em 6 gols para o Americano.

Boavista: Sem chances na Taça Rio e livre do rebaixamento (tem 11 pontos no geral, na 8ª posição), o clube de Bacaxá cumpre tabela na última rodada contra o Volta Redonda, no Estádio da Cidadania.

Portuguesa: Com apenas 2 pontos ganhos (lanterna da classificação geral), a Lusa tenta encerrar sua participação no Carioca tentando a primeira vitória na competição, em Moça Bonita, sobre o Resende.

Resende: Na lanterna do Grupo B, com 2 pontos, e com 10 pontos no geral, livre da degola, o Gigante do Vale apenas cumpre tabela na última rodada diante da já rebaixada Portuguesa.

(Agência FERJ)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui