Constrangimento da Globo a Sidão é repudiado por jornalistas e jogadores

0
414

A jornalista Júlia Guimarães, da Rede Globo, não suportou o constrangimento de ter sido incumbida de entregar o prêmio “Craque do Jogo”, que é baseado numa votação de internautas, ao goleiro do Vasco, Sidão, que falhou contra o Santos, na derrota do seu time por 3 a 0. A situação fez com que a jornalista chorasse nos bastidores, segundo Marco Bello, repórter da rádio Transamérica.

“Uma cena absolutamente constrangedora, o troféu entregue para o Sidão. Para a repórter e para o jogador. Alguém da emissora deveria ter interferido e vetado essa situação. Repórter chorando e jogador saindo de campo quase chorando. Péssimo”, afirmou Marco Bello.

O caso comoveu atletas e jornalistas. Integrantes do programa ‘A Última Palavra’ (Fox Sports) fizeram questão de se criticar o episódio promovido pela TV Globo. Jogadores do Palmeiras repudiaram o caso e prestaram solidariedade ao arqueiro. Decisão similar teve o Santos Futebol Clube, que usou suas contas nas redes sociais para tornar público: torce pela volta por cima do esportista.

Em nota oficial veiculada no Globoesporte.com, a empresa pediu desculpas ao goleiro do Vasco. Também informou que o formato para a escolha do destaque de cada partida transmitida pela TV aberta será modificada. A opinião da maioria dos internautas não será mais soberana. Contará como um “voto”, sendo que a eleição do “Craque do Jogo” contará com a validação dos comentaristas da casa.

Assista ao vídeo:

(Do Comunique-se)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui