Corinthians e São Paulo vão para o segundo jogo sem nenhuma vantagem para ambos

0
259

São Paulo e Corinthians ficaram apenas no empate em 0 a 0 na primeira final do Paulistão Sicredi. Jogando no Morumbi, o time de Cuca conseguiu controlar o jogo, criou as melhores oportunidades, mas não conseguiu passar pelo goleiro Cássio, que chegou a fazer uma defesa com os pés em cima da linha. O jogo também bateu o recorde de torcedores da competição, com 58.713 nas arquibancadas.

A primeira jogada do domingo saiu dos pés de Clayson, que recebeu pela esquerda, passou por três jogadores e abriu o chute dentro da grande área, mas pegou mal na bola. Dentro de casa, o São Paulo rapidamente tomou conta da posse de bola e trocava passes no campo ofensivo, mas só conseguiu assustar o goleiro Cássio aos 16 minutos, em finalização de Everton.

O São Paulo só foi chegar novamente com perigo na reta final do primeiro tempo, aos 32 minutos. Reinaldo cobrou uma falta apimentada e Arboleda subiu para testar, mas mandou por cima do gol. Depois, com 39, Everton Felipe recebeu livre na entrada da grande área e arriscou a finalização, mas a bola explodiu em Ralf e saiu pela linha de fundo.

Nos acréscimos, já com 47 minutos, a torcida do São Paulo quase tirou o grito de ‘gol’ da garganta. Em cruzamento pela direita, Arboleda subiu mais do que todo mundo na linha da pequena área e testou com força para o chão. Cássio espalmou de primeira e, no rebote, a bola ia entrando no gol, mas o goleiro conseguiu tirar com o pé, em lance incrível.

Referência no campo de ataque, Gonzalo Carneiro foi substituído no intervalo por Hernanes. O meia conseguiu assustar em dois lances no comecinho do segundo tempo. Primeiro, em cobrança de falta na linha da grande área, o camisa 15, bateu em cima da barreira. Depois, ele recebeu livre na intermediária e arriscou o chute, mas Cássio espalmou.

A grande chance do Corinthians veio com 18 minutos. Ramiro encontrou liberdade pela direita, avançou e cruzou na medida para Gustavo, que pegou de raspão e mandou pela linha de fundo. Se o atacante deixasse passar, Jadson estava sozinho na segundo trave. O São Paulo respondeu com 27. Antony cruzou e Nenê quase fez o gol de voleio, mas acabou furando.

Depois, com 28, em lance parecido, Antony cruzou novamente pela direita, Fagner furou e Everton Felipe testou com liberdade, mas pegou mal na bola e mandou para fora. Tomando sufoco, o Corinthians conseguiu assustar aos 36 minutos, em cobrança de escanteio. Clayson mandou no segundo pau e Henrique, sem marcação, cabeceou para fora.

No lance seguinte, aos 37, Helinho puxou o contra-ataque pela direita e soltou com Hernanes pelo meio, que recebeu, girou e soltou uma bomba, mas por cima da meta. Na sequência, aos 39, Luan encontrou espaço na entrada da grande área e também soltou o pé. Ela bateu nas costas da marcação e quase tirou Cássio da jogada, mas também foi para fora.

No próximo domingo, às 16h, é a vez do Corinthians receber o São Paulo na Arena Corinthians, pelo segundo jogo da final do Paulistão Sicredi. Antes, na quarta-feira, o time de Fábio Carille viaja para enfrentar a Chapecoense na Arena Condá, às 21h30, pela quarta fase da Copa do Brasil.

Ficha Técnica

São Paulo x Corinthians

  • São Paulo: Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Everton (Nenê) e Igor Gomes (Helinho); Antony, Everton Felipe e Gonzalo Carnero (Hernanes).
    Técnico: Cuca.
  • Corinthians: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso (Richard), Ramiro (Vagner Love) e Jadson (Mateus Vital); Clayson e Gustavo.
    Técnico: Fábio Carille.
  • Cartões amarelos: Igor Gomes (São Paulo); Ramiro (Corinthians).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui