Dois maranhenses são selecionados para curso de aperfeiçoamento em Turismo no Reino Unido

0
1558

Apenas dois maranhenses – Letícia Cynara Santos Silva e Valério Rodrigues de Souza Neto, ambos da Universidade Federal do Maranhão – foram selecionados pelo Ministério do Turismo para o Programa de Qualificação Internacional, com direito a participar de cursos de aperfeiçoamento em turismo em grandes instituições de ensino superior do Reino Unido, com bolsa integral.

Os selecionados precisam comprovar a nota superior a 600 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e proficiência em língua inglesa, além de terem cursado, no mínimo, 20% e, no máximo, 80% da formação superior atual.

A seleção é para o ano que vem e o programa terá duração de 11 semanas de aulas teóricas e práticas, em uma parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Association of Colleges (AoC) do Reino Unido.

Os selecionados são estudantes matriculados em cursos de bacharelado, licenciatura ou tecnólogo de instituições de ensino superior públicas e privadas. Para o ministro do Turismo, Marx Beltrão, o programa é uma forma de qualificar futuros profissionais do setor e aumentar as chances de inserção no mercado. “Esses jovens vão trazer a experiência do Reino Unido e aqui dividi-la com colegas, para que a gente tenha uma mão de obra cada vez mais qualificada e em condições de atender turistas no país.”

21 08 17 pqi unb Messina

As vagas foram preenchidas por alunos matriculados em cursos de bacharelado, licenciatura ou tecnólogo de instituições de ensino superior públicas e privadas. Eles precisaram cumprir exigências como apresentar nota superior a 600 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e comprovar proficiência em língua inglesa, além de terem cursado, no mínimo, 20% e, no máximo, 80% da formação superior atual.

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, lembra que o PQI é uma das formas de qualificar futuros profissionais do setor e aumentar as chances de inserção no mercado. “O PQI representa uma grande oportunidade de se aprimorar tanto em turismo quanto na língua inglesa. Esses jovens vão trazer a experiência do Reino Unido e aqui dividi-la com colegas, para que a gente tenha uma mão de obra cada vez mais qualificada e em condições de atender turistas no país”, observa.

Os cursos, que serão realizados no próximo ano, terão um formato exclusivo para o PQI, com cerca de 11 semanas de duração e aulas teóricas e práticas. Trata-se de uma parceria junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), responsável pela implementação das bolsas, e a Association of Colleges (AoC) do Reino Unido, que vai alocar os alunos em universidades.

Candidatos não habilitados no processo têm prazo até 15/09 para a apresentação de recursos, que devem ser remetidos ao e-mail: bolsa@turismo.gov.br.

(Com dados da Agência Brasil e MTur)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui