Em entrevista à BBC, Lula diz que só está preso porque trabalhou pelos pobres

0
215

A BBC divulgou nesta quinta-feira (06) trechos de uma entrevista exclusiva com o ex-presidente Lula, preso há 240 dias, em Curitiba (PR), onde cumpre pena por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Na entrevista, feita via cartas, Lula comenta a ida do ex-juiz Sérgio Moro para o governo de Jair Bolsonaro (PSL), onde será ser ministro da Justiça.

O ex-presidente reafirma sua inocência e faz um alerta: se tanta injustiça aconteceu com um ex-presidente, pode ocorrer com qualquer um. “Fui condenado por ser o presidente de maior sucesso da República e o que mais fez pelos pobres.”

Lula diz que o juiz sabia desde o início que só manobras judiciais impediriam de vencer a eleição deste ano. “Moro sabia que, se agisse de acordo com a lei, teria que absolver-me e eu seria eleito presidente”, escreveu. Para ele, a ida para o governo Bolsonaro apenas formaliza o papel que Moro já fazia como juiz. “Ele fez política, e não justiça.  E agora tira vantagem disso”, completou.

As perguntas foram formuladas pelo jornalista Kennedy Alencar e respondidas pelo ex-presidente em textos escritos de próprio punho. A Justiça proibiu que a entrevista fosse cara-a-cara.

Lula também comentou o resultado das eleições deste ano. “Bolsonaro só ganhou porque ele não concorreu contra mim”, diz. O material faz parte de um documentário da BBC TV sobre o país, chamado ‘O que aconteceu com o Brasil?’. A estreia está prevista para janeiro ano que vem.

(Com dados da Agência PT)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui