Roseana diz que vai voltar os programas sociais e ampliar

0
184

Ao cumprir agenda política na tarde desta quinta-feira (13) em Itapecuru-Mirim, a candidata a governadora pela coligação Maranhão Quer Mais, Roseana Sarney (MDB), disse que não vai apenas trazer de volta os programas sociais que foram extintos pela atual administração, mas ampliá-los. Ao meio-dia, ela concedeu entrevista à TV Mirante na série de sabatinas com os candidatos ao Governo do Estado.

Em Itapecuru-Mirim, acompanhada do candidato ao Senado Edison Lobão (MDB) e de lideranças locais, Roseana participou de uma caminhada e de um comício que reuniram milhares de pessoas. A caminhada teve início na Praça Miquelina e terminou na Rua João Buzar, e ponde anda ouvia grito de “volta, Roseana”.

“Vamos complementar os nossos programas sociais, dividir em oito vezes o pagamento do IPVA, vamos retomar o crescimento econômico do nosso estado. Deixei meus familiares para me dedicar à minha família maior, que é o povo do Maranhão”, afirmou Roseana. “Vou dar tudo de mim pelo meu Maranhão”,  disse ela.

O ex-prefeito Magno Amorim foi um dos coordenadores dos eventos. “Eu luto por Roseana para que possamos devolver a dignidade ao Maranhão. É no 15 que nós venceremos. Pode contar com a lealdade do nosso povo”, disse ele

Também presente em Itapecuru, o prefeito de Pirapemas, Doutor Iomar, disse que “antes tínhamos programas sociais e econômicos. Hoje esse governo comunista tirou tudo, até as motos. Roseana será vitoriosa no nosso município, porque estamos todos com saudade da nossa governadora”,  afirmou. “O Lula deu a moto para o povo e o Flávio Dino tomou”, disse Luana Costa.

Nos governos de Roseana, a população de Itapecuru-Mirim recebeu três postos de saúde, ambulâncias, construção e reforma de sete escolas; pavimentação asfáltica, recuperação da MA-339, 14 mil contas pagas pelo programa Viva água e 23 mil pagas pelo Viva Luz, além da aquisição de veículo e motos para a segurança e incentivo à agricultura familiar.

Entrevista – Na entrevista à TV Mirante, Roseana falou dos investimentos que fez em seu último governo e apresentou novas propostas que pretende implantar em áreas prioritárias, caso seja eleita governadora. Roseana iniciou a entrevista explicando que resolveu ser candidata por ver que o Maranhão retrocedeu no combate à pobreza, nas políticas sociais e em outras áreas importantes, como a saúde.

“Nós deixamos, por exemplo, as obras iniciadas e os recursos em caixa para a conclusão de sete centros de hemodiálise, em regiões estratégicas, para amenizar o sofrimento das pessoas que precisam desse tratamento. E não entendemos o motivo do atual governo não ter concluído essas obras”, destacou ela.

A candidata lembrou que deixou obras iniciadas e com recursos em caixa para a construção de presídios, de hospitais e de unidades de ensino, além de ter atraído investimentos e desenvolvido programas de geração de emprego e renda.  Roseana falou ainda sobre suas propostas para a área da educação – como a valorização dos professores e a reforma da grade curricular do ensino médio para capacitar os jovens para o mercado de trabalho. Lembrou que investiu na segurança pública e firmou parceria com outras instituições para combater a criminalidade e enfrentar a crise carcerária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui