Financiamentos de veículos no ano passado têm melhor desempenho desde 2014

0
57

Vendas a crédito de autos leves, motos e pesados atinge 6,1 milhões de unidades, alta de 11,4% em relação a 2018

 Em 2019, as vendas financiadas de veículos somaram 6,1 milhões de unidades, entre novas e usadas, incluindo autos leves, motos e pesados. Esse número representa um aumento de 11,4% em relação ao ano anterior e engloba veículos vendidos a crédito em todo o País. Desse total, 2,2 milhões representam veículos novos – 9,8% a mais do que em 2018 – e 3,8 milhões são usados, alta de 12,4% sobre o ano anterior.

Os números de 2019 apontam uma retomada nos financiamentos de veículos. Com o resultado, o ano passado registra o melhor resultado desde 2014, quando foram financiados 6,3 milhões de veículos, considerando novos e usados.

A alta foi maior para o financiamentos de usados no acumulado do ano. Entre autos leves, os financiamentos de usados cresceram 11,9% em 2019 na comparação com 2018, contra 5,6% para vendas a crédito de 0km, na mesma base de comparação. Entre as motos, os financiamentos de usadas subiram 22,6%, contra 14,2% para motos novas.

Fonte: B3

A exceção foram os veículos pesados. Nessa categoria – que engloba caminhões e ônibus, a alta de financiamentos em 2019 foi maior entre os 0km, com crescimento de 33,1%, na comparação com 2018. Já entre os pesados usados, o aumento de financiamentos foi de 14,6%, na mesma base de comparação.

O prazo médio para financiamentos de autos leves também cresceu em 2019. Em 2018, o consumidor contava, em média, com 41,9 meses de prazo para quitar seu financiamento. Em 2019, esse prazo médio passou para 42,9 meses.

Os números são da B3, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), a maior base privada do País, que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. Para acessar o relatório completo de 2019, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui