Flávio Dino diz que pagou do seu próprio bolso despesa para ir a Curitiba visitar ex-presidente

0
1311

AQUILES EMIR

Numa postagem em sua página no Facebook nesta quinta-feira (12), o governador Flávio Dino (PCdoB) respondeu à pergunta que vem sendo feita em redes sociais, jornais, blogs, sites etc, desde terça-feira (10), sobre quem custeou sua visita a Curitiba (PR), onde tentou uma visita ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na carceragem da Polícia Federal, onde cumpre pena de prisão por crime de corrupção. Segundo ele, as despesas foram pagas por ele próprio.

“Fui eu mesmo, em voo comercial. E me orgulho de me solidarizar com um homem indevidamente preso, o presidente Lula. Não sou oportunista e tenho coragem”, disse o governador, que destacou para esta resposta a indagação que julga deturpada. “Outra deturpação que insistem: quem pagou as minhas passagens até Curitiba?”.

Flávio Dino queixa-se ainda das críticas por ido a Curitiba e ainda ter visitado os municípios que se encontram em estado de calamidade, atingidos pelas enchentes. “O que isso tem a ver com chuvas no Maranhão? Estamos há semanas atuando nas áreas atingidas. Mas claro que o império midiático de Sarney deturpa e esconde.”

O governador rebate ainda as críticas por sua opiniões acerca da prisão do ex-presidente. “Sou movido também por tudo que aprendi de Direito, que provei com aprovação em vários concursos públicos, e que garanto que não esqueci”, disse que ele, ao citar o Artigo 41 da Lei de Execuções Penais sobre o direito que Lula tinha a visita, esqueceu que o Inciso X diz que o prisioneiro tem direito a “visita do cônjuge, da companheira, de parentes e amigos em dias determinados”, ou seja, a agenda de governadores e senadores da terça-feira (10) estava fora da regra.

Eis a íntegra da postagem do governador:

Claro que há pessoas que odeiam Lula ou não gostam do nosso governo. Mas o que isso tem a ver com chuvas no Maranhão ? Estamos há semanas atuando nas áreas atingidas. Mas claro que o império midiático de Sarney deturpa e esconde.

Quando a oposição coronelista ou a direita raivosa estão sem discurso, vale até “politizar” chuvas. E ignorar o trabalho sério e honrado de centenas de servidores públicos que estão nas cidades HÁ SEMANAS, sob minha coordenação e do vice-governador.

Outra deturpação que insistem: quem pagou as minhas passagens até Curitiba ? Neste caso, fui eu mesmo, em voo comercial. E me orgulho de me solidarizar com um homem indevidamente preso, o presidente LULA. Não sou oportunista e tenho coragem.

Feio é o papelão da oligarquia Sarney. Sempre se aproveitaram do período LULA e agora se escondem, atacam, agridem. Oportunistas. E até parece que são honestos e probos.

Acho curioso também os que acham que, por ser governador, não posso ter opiniões políticas nacionais. Há de ser piada. Ou saudades da ditadura militar. Enquanto isso até juiz, que deve ser imparcial, age como agente político.

Neste caso do presidente Lula, sou movido também por tudo que aprendi de Direito, que provei com aprovação em vários concursos públicos, e que garanto que não esqueci. Minha indignação vem também de ver tantos absurdos jurídicos sendo perpetrados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui