Fluminense arranca empate com o Vasco ao 44 minutos do segundo tempo

0
178
Vasco e Fluminense fizeram, nesta quinta-feira (19), um clássico movimentado em São Januário, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após sair na frente do placar, com Andrés Rios, os donos da casa viram o Tricolor empatar aos 44 do segundo tempo, com Pedro.  No fim, igualdade em 1 a 1 no placar da Colina.
Com o resultado, o Vasco se manteve na 11ª colocação, com 16 pontos. Já o Fluminense vem logo atrás, com 15 pontos, figurando 12ª posição. Na próxima rodada, o time alvinegro recebe o Grêmio, domingo (22), em São Januário. O Flu visita o Sport, também no domingo (22), na Ilha do Retiro.
O primeiro tempo da partida começou com um abafa do Fluminense em São Januário. Logo aos três minutos, o Tricolor quase abriu o placar com uma sequência de ataques. Primeiro, pelo lado direito, quando Jadson cruzou rasteiro e a defesa cruz-maltina afastou dentro da pequena área. Depois, pela esquerda, com Pedro finalizando e sendo bloqueado.
Com dificuldades de invadir a área tricolor, o Vasco tentou chutes de fora da área. Andrey arriscou aos 11 minutos, mas sem perigo. Aos 15 minutos, veio a melhor chance dos donos da casa no primeiro tempo. Andrey entrou na área e chutou forte. A bola bateu na rede pelo lado de fora.
O Vasco voltou para a segunda etapa disposto a vencer a todo custo. Aos 13, Pikachu cruzou da direita, a bola sobrou para Giovanni Augusto, que deu belo passe para Wagner. O meia chutou de primeira, mas para fora. Mas o gol veio. Aos 15 minutos, Henrique avançou pela esquerda e cruzou. Júlio César deu rebote, nos pés de Andrés Rios, que chutou de primeira e abriu o placar.
O Flu por pouco não empatou na sequência. Sornoza cobrou falta, Digão cabeceou para o chão. Martín Silva salvou com o pé direito. Na casa dos 35, Richard recuou. Júlio César dominou, mas ao tentar sair jogando chutou o chão. Rios aproveitou e chutou, mas a bola foi para fora.
Sem desistir de buscar o empate, o Fluminense chegou ao objetivo aos 44. Pedro arrancou pela direita, se livrou da marcação e chutou firme: 1 a 1.
(Dados da CBF com foto de Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui