Governo destrói o primeiro dos gaiolões existentes em delegacias de polícia

0
290

Depois de muita polêmica, até em nível internacional, o Governo do Estado decidiu, finalmente, destruir a jaula da delegacia de polícia de Barra do Corda, que não receberá mais presos custodiados.

A jaula, também conhecida como “gaiolão” foi o local onde o comerciante Francisco Ednei ficou exposto ao sol e ao sereno por mais de 18 horas vindo a morrer em consequência desses maus tratos. O caso foi denunciado à ONU, Ministério da Justiça e outros órgãos, mas até quarta-feira (18) presos ainda eram mandados para o local, e só depois dessa revelação o Estado resolveu fazer a demolição.

Segundo informação do presidente da Associação dos Delegados de Polícia (Adepol), Marconi Lima, além destes há vários gaiolões no Maranhão, inclusive na capital. Eles teriam sido construídos entre 2000 e 2002 e seriam para banho de sol dos presos custodiados.

Com a decisão, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) determinou a transferência dos onze presos que estavam no local para outras unidades do sistema prisional. A transferência foi realizada na madrugada deste sábado (21).

Na tarde desta sexta-feira (20) a Secretaria de Segurança também demoliu o espaço localizado nos fundos da delegacia e que era destinado ao banho de sol, direito garantido por lei às pessoas presas. O espaço também era utilizado na hora das visitas.

De acordo com o titular da Delegacia de Polícia de Barra do Corda, Renilton Ferreira, a estrutura recebia sol durante a manhã e no início da tarde e ficava na sombra após esse período.

Nova delegacia – O Governo também iniciou a construção de uma nova delegacia para o município de Barra do Corda. Realizada por intermédio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), a obra está dividida em duas fases.

A primeira, já concluída, tem orçamento de cerca de R$ 380 mil e compreende a urbanização do espaço, com pavimentação do estacionamento e demais estruturas externas. A segunda etapa, iniciada na última semana, é referente à estrutura do prédio e acabamentos. Estão sendo construídos a fundação e os alicerces para a estrutura do prédio.

A nova delegacia de Barra do Corda terá 324m² de área construída, abrigando um gabinete para delegado e outro para delegado adjunto, salas de contenção e salas de reconhecimento, entre outros espaços. A previsão é que a obra seja entregue já no primeiro semestre de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui