Governos do Maranhão e Tocantins anunciam construção de ponte entre Carolina e Filadélfia

0
416
Ligação entre as duas cidades é feita por pontões, o que dificulta o tráfego de veículos (foto divulgação)

Os governadores do Tocantins, Mauro Carlesse, e do Maranhão, Flávio Dino, assinaram nesta quinta-feira (28), em São Luís, protocolo de intenções visando à construção de uma ponte sobre o rio Tocantins entre ligando as cidades de Filadélfia e Carolina. A ligação entre as duas cidades hoje é feita por pontões, o que dificulta o tráfego entre os dois estados, principalmente de veículos pesados.

O acordo foi um dos eventos do Forum de Governadores da Amazônia Legal, realizado na capital maranhense.

“Essa ponte é uma reivindicação da nossa população, principalmente daquela região, há mais de 90 anos. Então propus ao governador Flávio Dino para que a gente una esforços para fazer essa obra. E esse protocolo é só o primeiro passo. Vamos fazer os estudos e buscar os recursos para fazer essa ponte”, disse o governador Mauro Carlesse.

Para o governador do Maranhão, Flávio Dino, a parceria vai gerar benefícios sociais e econômicos, em especial para o turismo local. “Uma das preocupações do Consórcio Amazônia é a integração infraestrutural entre os vários Estados. Agora vamos para os passos concretos e necessários para execução do projeto”.

Governadores do Tocantins e do Maranhão firmam parceria (Foto: Karlos Geromy)

Segundo o governador do Maranhão, Carolina e as cidades da região têm uma grande importância para a economia do turismo. “Tenho certeza que esse investimento ajudará no desenvolvimento da região”, frisou Dino.

Sobre a importância da obra, disse que a união dos estados vai proporcionar investimentos em infraestrutura “para melhorar a vida dos milhares de maranhenses que vivem naquela região e também no Tocantins”, disse o governador Flávio Dino.

Assim que construída, a nova ponte irá interligar as rodovias TO-222 e MA-230 e será um equipamento de infraestrutura que contribuirá para o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida da população dos dois estados e também de estados vizinhos.

(Com informações da Secap e Secom/TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui