Governos do Nordeste são os piores avaliados na gestão da pandemia, mas ganham de Bolsonaro

0
347

Os governadores da região Nordeste são os que com pior avaliação sobre o enfrentamento da pandemia de coronavírus, segundo pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta segunda-feira (23). O Sul é a região em que os chefes estaduais estão mais bem avaliados, com 61% de ótimo e bom, vindo em seguida Norte/Centro-Oeste (56%), Sudeste (52%) e Nordeste (51%).

A pesquisa revela ainda que a avaliação do presidente Jair Bolsonaro no enfrentamento da pandemia é aprovada por 35%, bei abaixo da avaliação dos governadores, que são vistos como ótimos ou bons em seu trabalho por 54% dos entrevistados. A melhor avaliação, porém, é do ministério da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, cuja posição é aprovada por 55% dos brasileiros.

A taxa de aprovação ao trabalho de Bolsonaro se confunde com o apoio que ele vem registrando nas últimas pesquisas, o que indica uma cristalização de sua base. Igualmente, consideram ruim ou péssima sua gestão da crise 33%, enquanto 26% a avaliam como regular e 5%, não sabem.

Ainda de acordo com a pesquisa, concordam com a avaliação presidencial de que há “histeria” acerca do novo coronavírus 34% dos ouvidos, enquanto a assertiva é rejeitada por 54%, ante 3% que nem concordam nem discordam e 8% que dizem não ter opinião.

Já o episódio do ato na praça dos Três Poderes, no dia 15, quando deu a mão e abraçou manifestantes, foi reprovado por 68% e aprovado por 27%, enquanto 4% não opinaram.

Aqui, quando se cruza a questão com o índice daqueles que têm muito medo do coronavírus (36% da população), a taxa de reprovação sobe 78%.

(Com informações da Folha de São Paulo)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação