Grupos de Bumba meu boi comemoram o título de Patrimônio Cultural da Humanidade

0
336

Dezenas de grupos de bumba boi de todos os sotaques se reuniram na tarde desta segunda-feira (30), na praça João Lisboa, Centro Histórico de São Luís para a festa de comemoração pela conquista do título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade concedido à esta manifestação da cultura maranhense. Um dos pontos altos do evento foi o cortejo de bumba boi, que uniu os grupos e a população pelas ruas do Centro.

Durante o cortejo, os brincantes seguiram pela Rua Grande, ao som de várias toadas tradicionais do folclore maranhense. Participaram do cortejo todos os sotaques de bumba meu boi – zabumba, baixada, orquestra, matraca e costa de mão. O evento mostrou a força da manifestação cultural, sua relevância para a população maranhense e a importância do título mundial.

O evento teve início às 17h com a concentração na praça João Lisboa, onde foram realizadas apresentações dos grupos de bumba boi e também foi exibido um vídeo tratando da defesa do título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. A produção já foi apresentada à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Em seguida, foram realizadas homenagens à história e aos principais representantes do bumba boi do Maranhão.

Grupos de bumba boi saíram em cortejo pela Rua Grande (Foto: Gilson Teixeira)

Ribinha, cantador do Boi de Maracanã, lembrou de importantes personalidades do bumba boi como João Chiador e Humberto de Maracanã, grandes ícones da cultura popular maranhense. Ele agradeceu a todos os presidentes de bumba boi que estiveram no cortejo e aos órgãos públicos que apoiam a cultura maranhense.

Reconhecimento – O Bumba Meu Boi do Maranhão foi escolhido como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em reunião realizada em Bogotá, na Colômbia. Em 2011, a manifestação artística já havia sido reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural do Brasil.

O título foi dado a todo o complexo cultural que constituí o Bumba Meu Boi, já que congrega diversos valores e atividades. Neste conjunto, estão incluídas as performances dramáticas, musicais e coreográficas e elementos materiais, como artesanatos, bordados do couro do boi, instrumentos musicais, indumentárias dos personagens, dentre outros.

Cultura e religião – O Bumba Meu Boi é considerado a manifestação mais importante da cultura popular do Maranhão e está diretamente relacionado à devoção aos santos juninos (Santo Antônio, São João, São Pedro e São Marçal) e aos cultos religiosos afro-brasileiros do Maranhão, como o Terecô e o Tambor de Mina. Tem, portanto, forte influência do catolicismo.

A versão mais popular conta que Catirina, grávida, sentiu desejo de comer a língua do boi mais precioso da fazenda onde trabalhava. Para satisfazer as vontades da amada, Pai Chico matou o boi, causando a ira de seu patrão. Todavia, com ajuda de seres mitológicos, o boi ressuscitou, deixando todas as partes felizes.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação