Husqvarna lança Motopoda a bateria com alcance de até cinco metros de altura

0
1024

A Husqvarna, empresa de origem sueca que está há 41 anos no Brasil, fabricante e líder mundial em equipamentos para manejo de áreas verdes, lança dois novos produtos em sua linha de equipamentos a bateria. Trata-se da Motopoda telescópica a bateria 530iPT5 e da bateria BLi300, desenvolvidas com foco no uso profissional de alta performance.

“A potência dos motores e a ótima relação entre durabilidade e leveza fazem com que os equipamentos a bateria da Husqvarna garantam mais conforto e desempenho para o usuário”, comenta Mario Fortunato, gerente de produtos da empresa na América Latina. “São equipamentos mais leves, sem emissão de ruídos ou fumaça, que podem ser utilizados em ambientes com tráfego de pessoas, como condomínios, hotéis, parques, entre outros.”

A Motopoda telescópica a bateria 530iPT5 é um equipamento desenvolvido para profissionais, com alcance de até cinco metros e desempenho superior ao dos modelos a gasolina equivalentes. Além disso, é um produto silencioso, o que permite sua utilização a qualquer hora do dia.

Resultado de imagem para motopoda Husqvarna

Já a bateria BLi300 foi desenvolvida especialmente para utilização nos equipamentos profissionais e dispõe da maior carga do mercado nacional (9,4Ah em 36V).

Seu diferencial é proporcionar maior tempo de trabalho com baixo peso e autonomia 80% superior ao modelo anterior, a BLi200. É compatível com todos os equipamentos da linha a bateria da Husqvarna, para uso profissional e ocasional.

Além desses lançamentos, a linha a bateria profissional da Husqvarna conta com aparadores de cerca viva, aparadores de cerca viva articulados, motosserras, podadores de galho, sopradores e roçadeiras. Lançada no Brasil no ano passado, a linha já é destaque de vendas, segundo Fortunato. “A linha toda está sendo muito procurada para trabalhos profissionais pela redução de ruído e pelo baixo custo operacional. Com o novo modelo de bateria BLi300, os usuários terão mais autonomia e consequentemente mais eficiência operacional”, ressalta o executivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui