Nesta quarta impostômetro bate a marca de R$ 1,7 trilhão de impostos pagos pelos brasileiros

0
251

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) bate a marca de R$ 1,7 trilhão nesta quarta-feira (18), às 8 horas. O registro ocorre 24 dias antes do que em 2016, o que significa que os brasileiros estão pagando mais tributos em 2017.

O montante equivale a todo o dinheiro pago pelos brasileiros aos cofres da União, dos Estados e dos municípios em tributos (impostos, taxas, contribuições, multas, juros e correção monetária) desde o primeiro dia do ano.

“A cifra de R$ 1,7 trilhão chega influenciada pelo aumento da inflação e pelos setores que pagam mais impostos, como a indústria, com destaque para o arranque do ramo automobilístico”, explica Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp). “Nossa estimativa é de que o Impostômetro encerre o ano com cerca de R$ 2,172 trilhões pagos, valor superior às arrecadações dos últimos anos”, adianta Burti. Para ele, “Neste ano, a carga tributária pesou muito no bolso do consumidor; no entanto, a população não teve ganho real com isso”.

O presidente-executivo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), João Eloi Olenike, ratifica ao dizer que a contagem e a exposição dos números apresentados pelo painel incentivam a formação de um senso crítico em relação à alta taxa de tributos pagos pela população, que tem o direito/dever de cobrar o retorno destes valores e vê-los destinados a serviços públicos de qualidade, na mesma proporção que os tributos são arrecadados.

Impostômetro – fechamento do ano:

  • 2017: R$ 2,170 trilhões (estimativa)
    2016: R$ 2,004 trilhões
    2015: R$ 1,992 trilhão 
    2014: R$ 1,913 trilhão

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui