Internacional se complica e América de Minas mantém-se como líder da Série B

0
288

Juventude e Guarani não somaram três pontos em seus respectivos jogos e, assim, o América de Minas é o novo líder da competição. Neste sábado (22), o Juve perdeu por 3 a 0 para o Oeste, na Arena Barueri, enquanto o Bugre ficou no 1 a 1 com o CRB-AL, no Rei Pelé. Em Pelotas (RS), o Brasil venceu o Paysandu por 2 a 1 e se afastou da temida zona de rebaixamento.

Invicto na Arena Barueri, o Oeste se impôs diante do Juventude e manteve a estatística: vitória por 3 a 0. Dominando as ações do jogo, o Rubrão abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo. Danielzinho recebeu cruzamento pela direita e cabeceou no canto para marcar o primeiro. O time gaúcho teve chances de empate com Juninho Silva e Diego Felipe, que finalizaram por cima do gol. Aos 40, em bom contra-ataque, Mazinho tabelou com Gabriel Vasconcelos e fez o segundo do Oeste. O ritmo seguiu o mesmo na volta do intervalo, e o Rubão ampliou aos oito minutos. Após levantamento na área, Lidio cabeceou e, após rebote do goleiro Matheus, o próprio volante completou para o fundo das redes: 3 a 0. Com o resultado, o Juventude termina a rodada em terceiro lugar, com 27 pontos, enquanto o Oeste, com 23, subiu para o décimo lugar.

O Guarani também tropeçou e acabou deixando a liderança da Série B. No Rei Pelé, CRB e Bugre foram firmes em suas marcações e evitaram gols na etapa inicial. Na volta do intervalo, o Guarani foi melhor nas chances e quase marcou aos 11 minutos, quando Caique apareceu na área e levou perigo ao goleiro Edson Kölln. Depois, sem criarem muito, os times seguiram no 0 a 0 até os minutos finais. Aos 45, Adalberto aproveitou cobrança de escanteio e acertou de cabeça. A bola bateu no chão e entrou. Três minutos depois, Jussani pegou a sobra da zaga alagoana e deixou tudo igual para o Bugre: 1 a 1. Com o resultado, o Guarani ficou com 28 pontos e desceu para o segundo lugar da Série B. O CRB, com 25, saiu do G-4 e agora ocupa a quinta posição.

Oeste se impôs diante do Juventude e manteve a estatística de invencibilidade na Arena Barueri

No Bento Freitas, o Brasil voltou a vencer na Série B. Na estreia do técnico Clemer, o Xavante saiu na frente aos 31 minutos do primeiro tempo, quando Itaqui cobrou falta com maestria, no ângulo. No segundo tempo, segurando a pressão do Papão, o time da casa ampliou aos 11 minutos. Nem soltou uma bomba na entrada da área e marcou o segundo. Aos 27, o Paysandu descontou após cobrança de falta de Ayrton. Marcão aproveitou o desvio e, de voleio, marcou: 2 a 1. Com a vitória, os gaúchos chegaram aos 20 pontos e ficaram no lugar do próprio Paysandu, na 15ª posição. Com a mesma pontuação, mas com uma vitória a menos, aparece em 16º.

Internacional – Neste sábado (22), o Vila Nova Goiás venceu o Internacional por 2 a 1, no Serra Dourada, e entrou no G-4. Pelo mesmo placar, o Criciúma bateu o ABC, no Heriberto Hülse. No Estádio do Café, Londrina e Náutico não saíram do 0 a 0.

Em Goiânia, Vila Nova e Internacional se enfrentaram em confronto direto pelo G-4. O time da casa saiu na frente aos 13 minutos do segundo tempo, como gol de Alípio, que recebeu de Filgueira e tocou para o gol. De pênalti, o Inter deixou tudo igual aos 25 minutos. William Pottker cobrou no canto direito do goleiro Luís Carlos: 1 a 1. Nos instantes finais da partida, Tiago Adan foi acionado dentro da área, ganhou de Víctor Cuesta e rolou para Mateus Anderson dar a vitória ao time goiano: 2 a 1. Com o resultado, o Vila Nova subiu para o quarto lugar, com 26 pontos. Enquanto o Colorado, com 24, segue na sexta posição.

O Heriberto Hülse teve o mesmo placar de Goiânia, com vitória do Criciúma diante do ABC. Aos 41 minutos do primeiro tempo, Lucão abriu o placar para o Tigre. O ABC empatou aos nove da etapa complementar, quando Zotti cruzou na medida para Dalberto bater de primeira e deixar tudo igual. O Criciúma respondeu e, aos 17, voltou a ficar na frente. Barreto iniciou a jogada pela esquerda, driblou a marcação e finalizou. Edson defendeu, e Caio Rangel pegou o rebote: 2 a 1. Com 23 pontos, o Tigre agora ocupa o nono lugar. O ABC, com 12, permanece na 19ª posição.

No Estádio do Café, Londrina e Náutico até criaram muitas chances de gol, mas pecaram nas finalizações. Com o empate em 0 a 0, o Tubarão desperdiçou a chance de entrar no G-4 e ocupa o sétimo lugar, com 24 pontos. O Timbu, que só tem uma vitória na competição, segue na lanterna, agora com oito pontos.

(CBF e fotos de Ricardo Duarte/Internacional e Oeste FC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui