Itaqui registra aumento em carga e descarga de fertilizantes e grãos no primeiro trimestre

0
557

AQUILES EMIR

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Antaq) divulgou nesta quinta-feira (20) um balanço de suas atividades no primeiro trimestre deste ano em que atesta um aumento na movimentação de cargas na comparação com o mesmo período de janeiro a março do ano passado. De acordo com a estatal, os maiores aumentos foram com fertilizantes, registrou 49% de aumento, e grãos (soja e milho) com uma variação de 19% acima de 2016.

A operação não mecanizada de fertilizantes realizada nesse intervalo, por apenas três navios, segundo a Emap, ficou 75% acima da média planejada. Foram 526 toneladas/hora quando a meta era de 300, descarregando em 24 horas 12,6 mil toneladas. Recorde histórico no Itaqui foi a movimentação do navio Occitan Barsac, que em um único dia atingiu a marca de 16.784 toneladas descarregadas.

“O que esses números demonstram é que o Porto do Itaqui tem capacidade para operar fertilizantes, com médias acima de 11.500 toneladas/dia, o que equivale a 60% acima da média planejada para 2017”, afirmou o diretor de Operações, José Antônio Magalhães.

O aumento de 19% na movimentação de soja neste primeiro trimestre, conforme expectativa da Emap, marca o início da retomada que deve atingir seu ponto alto entre maio e julho, quando ocorre o pico do escoamento da safra de grãos prevista para este ano. Com base em estudo da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a empresa estima um crescimento das exportações de grãos pelos portos do Arco Norte e o Itaqui aparece como líder no escoamento de soja e milho produzidos na região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) e mais o Nordeste do Mato Grosso.

De acordo com a pesquisa, o Itaqui deve embarcar 8,6 milhões de toneladas este ano, 75% a mais que no ano passado. Atrás do porto maranhense aparecem os portos de Barcarena (PA), Itacoatiara (AM) e Santarém (PA).

Eis os números sobre a movimentação de cargas no Itaqui no primeiro trimestre:

Soja
Março de 2016 – 738.332 toneladas
Março de 2017  – 738.806 toneladas
Primeiro trimestre de 2016 – 738.332 toneladas
Primeiro trimestre de 2017 – 877.592 toneladas
Fertilizantes
Março de 2016 – 42.603 toneladas
Março de 2017– 67.342 toneladas
Primeiro trimestre de 2016 – 206.519 toneladas
Primeiro trimestre de 2016 – 307.072 toneladas

Governo do Maranhão apresenta potencial do Porto do Itaqui na Intermodal 2017. (Foto: Divulgação/Emap)
Movimentação de fertilizantes no Itaqui foi maior 49% em relação ao 1º trimestre de 2016

Diferencial – A Emap lembra que o Itaqui está entre os mais importantes do Norte e Nordeste, ao lado dos terminais privados da Alumar e Ponta da Madeira (operado pela Vale), que integram o maior complexo portuário do país em movimentação de cargas.

Localizado próximo aos principais mercados mundiais e Canal do Panamá, oferece como vantagem competitiva berços profundos, de calado natural, e a redução das distâncias e dos custos operacionais das rotas até a Ásia, costa oeste da América do Sul e Estados Unidos.

O Itaqui alcançou recentemente a certificação na ISO 9001:2015 e está em fase de implantação da ISO 14001 e OSHAS 18001. Essa busca por excelência na gestão das operações marca o novo momento por que passa o Itaqui em que, além das vantagens naturais, como localização e profundidade, vem investindo na modernização dos processos de modo a alcançar melhoria nas performances operacionais.

(Com dados e imagens da Secap)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui