Juventude derrota Goiás e volta à liderança e Figueirense sai do rebaixamento

0
334

Após perder a invencibilidade na Série B do Campeonato Brasileiro na última rodada, o Juventude deixou a liderança para o Guarani, mas tratou de fazer o dever de casa nesta terça-feira (27) para retomar o primeiro lugar. Jogando no Alfredo Jaconi, o time jaconero derrotou o Goiás por 3 a 0 e, agora com 22 pontos, voltou para o topo da tabela provisoriamente – o Bugre tem 19 e ainda joga nesta 11ª rodada. O Esmeraldino, com 14, aparece na décima posição.

No início da partida em Caxias do Sul (RS), o Goiás trabalhou mais no ataque e quase abriu o placar aos 20 minutos, quando Léo Gamalho mandou por cima na tentativa de encobrir o goleiro Matheus Cavichiolli. O Juventude, que pouco criou, conseguiu marcar duas vezes em falhas da equipe goiana. Aos 34, Marcelo Rangel saiu do gol após cruzamento de Tinga e se atrapalhou. Na sobra, Wallacer ficou livre dentro da pequena área para fazer 1 a 0. Depois, aos 45, o goleiro esmeraldino não saiu bem novamente do gol, furou a jogada de Tiago Marques de carrinho e deixou de graça para o atacante ampliar: 2 a 0.

Na volta do intervalo, o Goiás voltou impondo ritmo, mas o Juventude também passou a buscar mais o ataque. Aos 19, Wallacer podia ter feito o terceiro, mas chutou mal de perna esquerda. Cinco minutos depois, o Esmeraldino quase descontou. Carlos Eduardo recebeu de Victor Bolt e cruzou rasteiro, vendo a bola passar com perigo em frente ao gol. Aos 33, novamente Carlos Eduardo desperdiçou. O atacante foi lançado, ficou na cara do gol, mas chutou para fora. Seis minutos depois, em contra-ataque veloz, o Juventude liquidou a fatura. Wesley Natã passou de calcanhar para Diego Felipe, que soltou uma bomba sem chances para o goleiro Marcelo Rangel: 3 a 0.

Com 22 pontos e dez gols de saldo, o Juventude pode terminar a 11ª rodada da Série B de novo na liderança. O Guarani, agora segundo colocado, tem 19 e cinco gols de saldo. O Bugre enfrenta o ABC no sábado (1), às 19h, no Frasqueirão.

Fora do Z4 – Buscando recuperação na Série B do Campeonato Brasileiro, o Figueirense recebeu o Londrina no Orlando Scarpelli nesta terça-feira (27) e se livrou do jejum de oito jogos sem vitórias. Pela 11ª rodada da competição, o Figueira bateu o time visitante por 3 a 1 e deixou provisoriamente a zona de rebaixamento.

Pressionando desde o minuto inicial, o Figueirense abriu o placar aos seis minutos. Em cobrança de falta um pouco longe da área, Zé Antônio mandou uma bomba e acertou o ângulo do gol de César: golaço! O Londrina não se intimidou e teve chances de empatar com chute de Jonatas Belusso e após cruzamento de Reginaldo.

No segundo tempo, o Londrina teve o lateral Ayrton expulso aos 12 minutos. Aos 19, viu o Figueira ampliar com Henan. Após cobrança de escanteio de Marco Antônio, Marquinhos desviou de cabeça e o atacante apareceu de surpresa para marcar: 2 a 0. Mesmo com um a menos, o Tubarão descontou aos 29. Após Rafael Gava cobrar falta, Matheus desviou para a pequena área, e Jonatas Belusso diminuiu. Antes do apito final, o Figueira ainda marcou o terceiro. O árbitro marcou pênalti de Thiago Lopes em Marco Antônio e, na cobrança, Robinho bateu no meio do gol de César: 3 a 1.

(CBF)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui