Deputada Luana Costa pede desculpas por não votar contra Michel Temer

0
764

Ausente na sessão desta quarta-feira (25), na Câmara Federal, em que foi votado o pedido de autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para abrir investigação contra o presidente Michel Temer (PMDB), a deputada Luana Costa (PSB) divulgou nota na qual justifica a não participação na vota, mas reafirma a convicção de que o presidente deveria ser afastado.

Na sessão, o pedido foi negado e Michel Temer só poderá responder pelas denúncias levantada contra ele pela Procuradoria-Geral da República a partir de 2019 quando não estará mais no cargo.

De acordo com Luana, o motivo de sua ausência foi um infarto sofrido pela sua mãe, o que a obrigou retornar ao Maranhão a fim de poder acompanhá-la.

Eis a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Às minhas amigas e amigos, companheiras e companheiros,

Viajei na madrugada de segunda para terça-feira fui de São Luís para Brasília no intuito de participar da sessão do Congresso na terça-feira à noite e, na quarta-feira, de participar e REAFIRMAR o meu posicionamento em FAVOR da continuidade do processo contra o presidente Temer.

Eu mantenho a minha convicção e determinação de defender os TRABALHADORES, os APOSENTADOS e o POVO do meu Estado e do meu pais.

Infelizmente, quis o destino que eu tivesse que retornar para o estado e ausentar-me da Sessão pelo fato de minha mãe ter sofrido um ATAQUE CARDÍACO no final da tarde de terça-feira e como já têm 3 pontes de safena, 74 anos e pedia a presença de seus filhos, retornei para vê-la.

Seria eu injusta se faltasse com quem nunca me faltou e sempre me deu apoio em todos os momentos da minha vida.

Peço desculpas a todas e todos que me conhecem e esperavam pelo meu voto, que não aconteceu e reafirmo que sempre estarei ao lado da mulher e do homem trabalhador do Maranhão e do Brasil, o que foi demonstrado nas sessões anteriores e será reforçado nas próximas votações.

Luana Costa

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui