Mais uma morte de interno da Funac foi registrada nesta sexta-feira em São Luís

0
579

AQUILES EMIR

Foi encontrado morto por estrangulamento nesta sexta-feira (07), no Centro de Justiça Recreativa Alto da Esperança, um menor que cumpria pena socioeducativa. É o segundo caso nas unidades da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Cidadania, somente esta semana.

A primeiro ocorrência foi quarta-feira (05), no Centro de Juventude Canaã, no bairro do Vinhais, ambos os casos em São Luís.

A exemplo do primeiro caso, a Funac expediu nota dizendo estar tomando as providências. Segundo a instituição, dois outros menores assumiram ter estrangulado o falecido desta sexta, enquanto o primeiro teria morrido por enforcamento.

Veja o o teor da nota da Funac para a primeira ocorrência:

A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), vinculada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), sobre a morte do adolescente na unidade do Centro de Juventude Canaã, no bairro do Vinhais, em São Luís, acrescenta que:

1) A Direção do Centro de Juventude Canaã já registrou boletim de ocorrência e a perícia já foi realizada no local. O caso está sendo apurado pela Secretaria de Segurança Pública;

2) A família foi informada sobre o ocorrido com o adolescente e a Funac está dando todo o apoio e acompanhamento psicológico. Foi providenciado ainda o suporte para o funeral (urna funerária, higienização e conservação do corpo) e translado para o município de Pedreiras, com acompanhamento de uma equipe técnica da Funac e Sedihpop para entrega do corpo aos familiares e demais trâmites legais;

3) Informou também ao sistema de justiça sobre o fato (2° Vara da Infância e da Juventude, Ministério Público e a Defensoria Pública);

4) A presidente da Funac, Elisângela Cardoso, e o secretário dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, juntamente com a Superintendência de Combate à Violência Institucional, Secretaria Adjunta de Direitos Humanos da Sedihpop e a da Coordenadora do Programa Pacto Pela Paz, receberam, para mais esclarecimentos sobre o caso, membros do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Maranhão (Cedca); do Centro de Defesa Padre Marcos Passerini; do Sindicato dos Servidores da Funac; e o promotor do Ministério Público, Raimundo Nonato Cavalcante

Nota da Funac sobre a morte desta sexta-feira:

A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), vinculada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), informa que um adolescente que cumpria medida de internação, natural de São Luís, foi encontrado morto, nesta sexta-feira (7), no Centro de Justiça Restaurativa Alto da Esperança, no bairro Alto da Esperança, em São Luís.

A vítima, ao ser encontrada nesta sexta-feira (7), apresentava sinais de estrangulamento. Os outros dois adolescentes, que dividiam o alojamento com a vítima, assumiram a autoria do ato infracional.

A direção da Funac já acionou a Secretaria de Segurança Pública para as devidas providências sobre o ocorrido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui