Maranhão deve colher 160 mil toneladas de grãos a menos este ano

0
527

AQUILES EMIR

Estimativa da safra de grãos 2018/19 divulgada nesta quinta-feira (10) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indica que o Maranhão terá uma colheita de 5,421 milhões de toneladas este ano, o que representa diminuição de 2,9% ante as 5,585 milhões de 2018, o que corresponde a perda de superior a 160 mil toneladas.

Ainda de acordo com a Conab, a área plantada, que foi de 1,818 milhão de hectares na safra passada, deve aumentar para 1,825 milhão de hectares, ou seja, 0,4% de aumento, mas a produtividade deve variar de 3.071 quilos por hectare para 2.970, ou seja, -3,3%.

A partir deste levantamento, a Companhia produz, mensalmente, o Boletim de Acompanhamento da Safra Brasileira de Grãos e o Boletim de Monitoramento Agrícola, que fornecem informações e conhecimentos relevantes aos agentes envolvidos nos desafios da agricultura, da segurança alimentar e nutricional e do abastecimento do país.

As publicações auxiliam a compreender os resultados da safra e têm como objetivo produzir subsídios para o monitoramento e a formulação das políticas agrícola e de abastecimento. Suas informações também auxiliam a tomada de decisão dos produtores rurais.

A soja continua sendo a principal cultura no Maranhão e deve ultrapassar este ano uma colheita superior a 3 milhões de toneladas. Já arroz e feijão apresentam tendência de queda.

Saiba qual a projeção para as principais culturas:

CULTURA 2018/t. 2019/t VARIAÇÃO
Algodão 87,3 mil 113,8 mil 30,4%
Arroz 320,9 mil 266,9 mil -16,8%
Feijão 58,2 mil 50,4 mil -13,4%
Milho 1.884,0  milhão 2.022,2 milhões 7,3%
Soja 2.973,4 milhões 3.013,4 milhões 1,3%

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui