Maranhão é um dos três estados do Brasil onde a gasolina tem o preço mais baixo, segundo ANP

0
644

O levantamento semanal feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostra que, entre 22 e 28 de janeiro, o preço médio do litro de gasolina vendido ao consumidor no Brasil alcançou R$ 3,76. Os preços mínimo e máximo da gasolina na bomba foram, respectivamente, de R$ 3,14 e R$ 4,94.

Para o litro do etanol, foi registrado preço médio de R$ 2,92, com valor mínimo de R$ 2,25 e máximo de R$ 4,39. Já o metro cúbico do gás natural veicular (GNV) teve preço médio de R$ 2,20 na semana avaliada, com preço mínimo de R$ 1,74 e máximo de R$ 2,99. Foram pesquisados 5.679 postos brasileiros no caso da gasolina, 301, no do GNV e 5.101, no do etanol.

Por estados da Federação, o Acre lidera o ranking dos mais altos preços de gasolina cobrados dos consumidores, com R$ 4,30 o litro, em média. Seguem-se o Pará, com R$ 4,09; o Rio de Janeiro (R$ 4,04); e Rondônia (R$ 4,02). Pernambuco apresentou o menor valor médio – R$ 3,50 – o litro, seguido de Maranhão e Paraíba, ambos com R$ 3,61.

No caso do etanol, Mato Grosso e São Paulo mostraram os menores preços médios cobrados na bomba, de R$ 2,74 e R$ 2,79 por litro, respectivamente. Os maiores valores médios foram encontrados em Roraima (R$ 3,80), no Rio Grande do Sul (R$ 3,78) e no Pará (R$ 3,76).

No caso do GNV, dos 16 estados pesquisados, Minas Gerais teve o menor preço médio por metro cúbico, de R$ 1,99. Os maiores preços médios para o consumidor foram encontrados em Alagoas, R$ 2,79, e no Rio Grande do Sul, R$ 2,73.

Por capitais, os maiores valores médios da gasolina foram registrados em Rio Branco, R$ 4,23, com 21 postos pesquisados; e no Rio de Janeiro, R$ 4,04, em 57 postos visitados. No Recife, verificou-se o preço médio mais baixo de gasolina: R$ 3,39 o litro.

Na pesquisa sobre etanol, os técnicos da ANP observaram os menores preços médios em Cuiabá, de R$ 2,69, e São Paulo (R$ 2,77) por litro vendido ao consumidor final. Em Boa Vista foi encontrado o maior preço médio na bomba, de R$ 3,80.

Os maiores preços médios do GNV eram os de Porto Alegre, R$ 2,76 o metro cúbico, e de Cuiabá, R$ 2,64. O Rio de Janeiro e São Paulo tiveram os menores valores médios: R$ 1,95 e R$ 1,97, respectivamente.

Eis o resultado da pesquisa dos preços cobrados no país, segundo a ANP:

ESTADO                                                                                   PREÇO MÉDIO/R$

ACRE 4,30
ALAGOAS 3,63
AMAPA 3,73
AMAZONAS 3,70
BAHIA 3,68
CEARA 3,98
DISTRITO FEDERAL 3,71
ESPIRITO SANTO 3,76
GOIAS 3,92
MARANHAO 3,61
MATO GROSSO 3,79
MATO GROSSO DO SUL 3,71
MINAS GERAIS 3,86
PARA 4,09
PARAIBA 3,61
PARANA 3,69
PERNAMBUCO 3,50
PIAUI 3,64
RIO DE JANEIRO 4,04
RIO GRANDE DO NORTE 3,89
RIO GRANDE DO SUL 3,89
RONDONIA 4,02
RORAIMA 3,81
SANTA CATARINA 3,71
SAO PAULO 3,62
SERGIPE 3,71
TOCANTINS 3,85

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui