MasterChef – A Revanche traz ex-participantes para competição desafiadora

0
110

O pioneiro e maior talent show de gastronomia do Brasil retorna à tela da Band nesta terça-feira (15), às 22h45, em um formato inédito. MasterChef – A Revanche traz de volta 20 ex-participantes das seis temporadas de cozinheiros amadores em provas ainda mais desafiadoras ao longo de 10 episódios. O formato da Endemol Shine Group é produzido pela Endemol Shine Brasil em uma co-produção Band e Discovery Home & Health, onde também será exibido a partir de sexta-feira, 18 de outubro, às 20h30.

“Vai ser uma temporada muito emocionante desde o início porque desta vez a gente já conhece todos os personagens. É uma temporada curta, mas de torcida muito rápida”, afirma a apresentadora Ana Paula Padrão.

A nova temporada vai celebrar a história desses participantes na cozinha, além de dar uma nova chance a eles na competição. “Estamos construindo a oportunidade de ver o quanto eles cresceram desde que deixaram o programa e o que eles construíram no mercado gastronômico”, avalia Marisa Mestiço, diretora do programa.

O programa começará com 20 cozinheiros e 10 deles serão eliminados logo no primeiro episódio, que pela primeira vez contará com a participação de uma plateia, trazendo ainda mais emoção aos embates. O público vai acompanhar todos os movimentos dos competidores na cozinha, além de interagir com os jurados e ajudar a apresentadora Ana Paula Padrão na contagem final, que desta vez será feita em um relógio digital.

A dinâmica do programa de estreia não perdoa ninguém: somente os melhores irão ficar. Através de um sorteio comandado por Ana Paula Padrão, os cozinheiros irão escolher seus oponentes. Diversos temas gastronômicos estarão nesse verdadeiro mata-mata.

“Os participantes sabem como funciona o MasterChef. Eles evoluíram bastante desde que deixaram o programa, mas vamos tirá-los da zona de conforto”, adianta o chef Erick Jacquin. Muitos dos participantes se tornaram grandes chefs, estudaram, abriram seu próprio restaurante, trabalharam com chefs renomados e estão de volta em busca do troféu. “É impressionante a transformação de alguns deles, que enfrentam provas ainda mais difíceis do que as realizadas nas temporadas de cozinheiros profissionais”, complementa a chef Paola Carosella.

Uma prova nunca feita antes, de 24 horas de duração, desafiará os participantes. Eles terão que fazer três tipos de pães recheados com fermentação natural, além de um prato para acompanhá-los.

Em outro desafio grandioso, os competidores irão cozinhar na maior embarcação da Marinha brasileira, o Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico. Com mais de 200 metros de comprimento e tripulação de mais de 300 pessoas, o Atlântico é tão grande que tem capacidade para operar até sete helicópteros no convés e pode transportar cerca de 800 fuzileiros.

Uma prova especial vai homenagear os principais imigrantes que vieram para o Brasil a partir do século XIX. Já em outro desafio, pela primeira vez o programa faz um intercâmbio, onde os competidores terão que replicar um menu luso brasileiro repleto de técnicas e processos criado por dois dos mais renomados chefs dos dois países, Rodrigo Oliveira e Rui Paula, um dos jurados do MasterChef Portugal.

“Tenho muito orgulho de ver o quanto o MasterChef influenciou e mudou as vidas de tantas pessoas. Esta nova temporada será muito mais emocionante e desafiadora do que as anteriores”, finaliza o chef Henrique Fogaça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui