Mercado de veículos seminovos se manteve estável em maio, segundo Fenabrave

0
622

Em maio deste ano, as transações de veículos usados, considerando todos os segmentos automotivos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos), totalizaram 1.276.109 unidades, alta de 8,7% sobre as 1.173.930 unidades comercializadas em abril. Os dados foram divulgados ontem, 3 de junho, pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Na comparação com maio de 2018, quando 1.219.452 veículos foram transacionados, a alta foi de 4,65%.

No acumulado de janeiro a maio de 2019, foram negociadas 5.760.210 unidades, apontando crescimento de 1,69% sobre o mesmo período de 2018, que somou 5.664.318, de acordo com o levantamento realizado pela Fenabrave.

Para os segmentos de automóveis e comerciais leves, as transações, em maio, somaram 958.721 unidades, 8,91% acima dos 880.315 veículos transacionados em abril. Em relação aos 919.610 veículos vendidos em maio do ano passado, houve alta de 4,25% no mercado de usados. No acumulado de janeiro a maio deste ano, as vendas dos dois segmentos somaram 4.318.366 veículos, alta de 1.09% ante as 4.271.618 de igual período do ano passado.

Deste total vendido nos segmentos de automóveis e comerciais leves, os modelos usados com até 3 anos de fabricação representaram 12,06% do total comercializado em maio, e 10,95% do total do acumulado do ano.

Segundo Alarico Assumpção Júnior, Presidente da Fenabrave, o mercado de veículos usados, embora se mantenha estável, reflete a falta de confiança do consumidor, que é o principal agente deste mercado. “O medo do desemprego, associado à falta de perspectiva, de curto prazo, na retomada da economia, mantém o consumidor retraído para compra”, declarou.

Acompanhe, na tabela a seguir, os dados de emplacamentos de veículos USADOS para cada segmento automotivo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui