Ministro Eliseu Padilha passa bem após cirurgia em Porto Alegre

0
254

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, passou por uma cirurgia de próstata na tarde desta segunda-feira (27), no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. O boletim médico divulgado pelo hospital informa que a cirurgia foi bem-sucedida e que Padilha passa bem.

Padilha permanecerá sob monitoramento médico por 48 horas na sala de recuperação pós-operatória. “O paciente Eliseu Padilha submeteu-se a procedimento urológico cirúrgico, sob anestesia geral, que transcorreu sem intercorrências. As condições gerais estão estáveis. Ele permanecerá em sala de recuperação pós-operatória monitorado pelas próximas 48 horas”, registra a nota assinada pelos médicos Claudio Telöken e Nilton Brandão.

O ministro está de atestado médico desde o dia 20 deste mês, quando foi internado no Hospital do Exército. Ele teve alta do hospital no dia 22 e, desde então, está em Porto Alegre. Em setembro, Padilha, que tem 71 anos, foi internado por problemas de pressão.

Apesar da cirurgia, o retorno dele ao expediente de trabalho está mantido para o dia 6 de março. Padilha está de atestado médico desde o dia 20 de fevereiro, quando foi internado no Hospital do Exército. Ele teve alta do hospital no dia 22 e, desde então, está em Porto Alegre.

Em setembro, o ministro, que tem 71 anos, foi internado por conta de um pico de pressão. Logo após o mal-estar, ele foi ao pronto socorro do Palácio do Planalto, onde tomou medicação intravenosa antes de seguir, por volta das 17h30, para o Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília.

No HFA, foi constatado um quadro de labirintite por conta da pressão do ministro, que tem 70 anos. De acordo com o Palácio do Planalto, o mal-estar foi repentino e não tinha ocorrido anteriormente. Ele e a família não têm histórico cardíaco, informaram assessores do ministro.

Diante do susto, o ministro ficou de licença médica até a próxima segunda-feira. Padilha encontra-se neste momento em um hotel em Brasília e embarcará às 14h para Porto Alegre (RS).

(Agência Brasil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui