Moto garante acesso à Série C após vencer o Atlético do Acre

0
374

Mais dois times estão garantidos na Série C de 2017. Na noite deste domingo (4), São Bento-SP e Moto Club-MA passaram por seus respectivos adversários e conquistaram o acesso, assim como Volta Redonda e CSA-AL. Além da vaga na terceira divisão do ano que vem, os times estão garantidos na fase semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro. Agora, o Moto Clube-MA terá pela frente o Volta Redonda-RJ. Na outra semifinal, o CSA-AL encara o São Bento-SP.

Após empate em 2 a 2 no primeiro jogo, Atlético Acreano e Moto  se enfrentaram no Florestão, e o time visitante levou a melhor: 2 a 1 e a vaga na Série C do ano que vem. O Moto abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo, após o goleiro Franco dar rebote nos pés de Cris, que não desperdiçou e marcou.

Na metade do segundo tempo, em outra falha da defesa do time acreano, Valderrama aproveitou e, com chute dividido, ampliou para o Papão do Norte. Minutos depois, o Atlético descontou com Careca após cobrança de escanteio. Mesmo com a pressão dos dois lados até o apito final, o placar seguiu favorável ao Moto Club, que segue na Série D e já está garantido na terceira divisão do futebol nacional em 2017.

Necessitando marcar gols, o Moto  começou a partida querendo jogo. Marcando forte e sem abrir espaço na sua defesa, o time maranhense ainda chegava com perigo com a dupla Tiago Miracema e Marcos Paullo. Aos 24 minutos, após bola na área, o goleiro Franco falhou e, na sobra de bola, Cris mandou para a rede celeste.

Três minutos depois, Eduardo fez jogada individual e foi derrubado por Felipe Dias dentro da área. No lance, o árbitro Bruno Arleu de Araújo assinalou a penalidade. Na cobrança, Eduardo bateu, mas o goleiro Marcio Arantes defendeu. Necessitando do gol para garantir a classificação o Galo apertou o jogo. Aos 42’, Polaco cruzou na área, Rafael Barros cabeceou, mas a bola desviou em seu marcador e foi para fora.

Reação – Na volta dos vestiários, o Moto Club-MA manteve a boa pegada e a primeira chance de gols saiu de um chute de Chico Bala, mas o goleiro Franco fez grande defesa, aos 3 minutos. O Atlético respondeu aos sete minutos, após troca de passe, com Leandro finalizando para fora.
Mais organizado na segunda etapa, o Galo voltou a chegar com perigo aos 23’, numa nova troca de passe até a conclusão de Rafael Barros, mas a bola acertou a rede pelo lado de fora.

O castigo para os atleticanos veio dois minutos depois, numa nova falha da sua defesa. Valderrama, que acabara de entrar, aproveitou o vacilo e ampliou o resultado. Na base do desespero, o Galo diminuiu a vantagem numa bola parada aos 35’, com Careca, após sobra de bola, finalizando para a rede.

O gol celeste deu ar de dramaticidade na partida e, aos 37’, o atacante Tonho Cabañas fez o pivô e serviu Careca, que acertou um chute violento, mas o goleiro Marcio Arantes defendeu. Aos 40’, Rafael Barros cruzou na área e Alfredo surgiu de surpresa, cabeceando para fora. Aos 44’, Polaco finalizou de bico, a bola desviou na zaga e o goleiro Marcio Arantes salvou o Moto Club.

Bastante vigiado pelo setor de defesa do Moto Club-MA, o atacante Rafael Barros teve poucas oportunidades de gols. Foto/Manoel Façanha

Os jogadores do Moto não se intimidaram com a pressão da torcida, derrotaram o Atlético e garantiram acesso à Série C

O Moto foi a campo com Marcio Arantes; Diego Renan, Luís Fernando, Wanderson e Chico Bala; Felipe Dias, Curuca, Kléo (Valderrama) e Marcos Paullo; Cris (Muller Brenner) e Tiago Miracema (Patrick). Técnico: Ruy Scarpino.

Classificado – No outro jogo da rodada, no Estádio Walter Ribeiro, o São Bento derrotou o Itabaiana-SE por 2 a 0 e garantiu o acesso. No jogo de ida das quartas de final da Série D, o Azulão já havia vencido por 1 a 0. Na partida deste domingo, Giovanni, de falta, fez o primeiro gol. Aos 23 minutos do segundo tempo, Barboza cruzou para Marcão, que ampliou. Apesar de mostrar valentia até o apito final, o time sergipano não conseguiu reverter a situação e acabou eliminado da competição.

(Com dados da CBF e ACEA e imagens de  e de Manoel Façanha e Sérgio Vale).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui