Moto se afoga no Maremoto e está fora das semifinais do primeiro turno do Maranhense

0
291

O Moto Club foi surpreendido na reabertura do Estádio Municipal Nhozinho Santos, neste sábado, e a esperada classificação não aconteceu, pois o Maranhão venceu o clássico decisivo e, junto com o Cordino, de Barra do Corda, avança para as semifinais do primeiro turno deixando o atual campeão pelo caminho.

O Moto era favorito no clássico porque no primeiro confronto entre os dois times venceu por 3 a 0, mas desta vez a situação foi diferente. Em apenas cinco minutos saíram todos os gols do jogo.

Gabriel, um dos estreantes do dia, marcou para o Maranhão, enquanto Vinícius Paquetá empatou para o Moto e Naoh recolocou o MAC na frente. Tudo isso aos 15 minutos do primeiro tempo.

A bola não voltou a balançar as redes e Cleibson Ferreira saiu de campo triunfante e deixando a desconfiança de lado, além de contar e com Alencar Baú fazendo boas defesas para impedir o empate e a eliminação do MAC.

Enquanto isso, em Barra do Corda o Cordino fez o esperado. Venceu o Americano por 2 a 0, com os dois gols marcados por Di Maria, tornando a classificação ainda mais especial por ter ficado com a liderança por causa do saldo de gols. A Onça agora espera Sampaio, Santa Quitéria ou São José, enquanto o MAC terá pela frente o Imperatriz na semifinal.

O Moto acumula a terceira eliminação na temporada. Diante do São Paulo se despediu da Copa do Brasil, já deu adeus na Copa do Nordeste e agora no primeiro turno do Estadual. Com apenas um jogo até a provável estreia no segundo turno, no dia 4 de abril, Villar terá 10 dias para recuperar o Rubro-Negro para a sequência final do Estadual.

(Com dados e imagem do Futebol Maranhão)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui